Oficina de bonecas Abayomi acontece neste sábado (28/08), online e gratuita

A oficina de bonecas Abayomi e o bate-papo, integram o projeto Miscelânea Cultural, do Lowbrow

Oficina de bonecas Abayomi Miscelânea Cultural
A oficina de bonecas Abayomi e o bate-papo serão realizados de forma gratuita e online, neste sábado (Foto: Divulgação)

Unindo arte e cultura, neste sábado (28/08), será realizada uma oficina de bonecas Abayomi, de forma gratuita e online para todos que tiverem interesse.

No mesmo dia, também acontece um bate-papo virtual super interessante sobre arte e feminismo, abordando pautas do feminismo indígena e negro, com as convidadas Mirna Kambeba Omágua Yetê Anaquiri, e Daya Gomes.

As atividades serão promovidas pelo Lowbrow Lab Arte e Boteco, por meio do projeto Miscelânea Cultural, aprovado pelo Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás. Para participar, é preciso fazer inscrição de forma antecipada (confira os links ao fim da matéria).

Sobre a oficina de bonecas Abayomi

Oficina de bonecas Abayomi Miscelânea Cultural

A oficina é promovida pelo projeto Miscelânea Cultural, do Lowbrow (Foto: Divulgação)

Ministrada pela museóloga Nutyelly Cena, a oficina pretende ensinar o público não apenas a fazer bonecas de pano sem costura, mas também pautar a ancestralidade, memória e resistência.

Criada pela artesã Lena Martins, natural de São Luiz do Maranhão, esse tipo de boneca é construída a partir de nós e tranças, sem nenhum tipo de demarcação de olho, nariz ou boca, com o objetivo de reconhecer as múltiplas etnias africanas.

Assim, além de apresentar uma breve história sobre a origem do mito das Abayomi, a museóloga também ensinará a confeccionar as bonecas. Os materiais necessários são: malha fria na cor preta e retalhos de tecidos coloridos, apenas.

Durante a programação, a ideia é promover ainda uma reflexão sobre a história do continente africano, passando pela trajetória de mulheres negras, construção da identidade negra e mais.

Em uma cultura de dominação, a população negra teve que lutar diariamente para permanecer em contato com suas próprias histórias e corpos, especialmente as mulheres negras“, comenta Nutyelly.

“Com essa oficina, celebraremos juntos a reconstrução afetiva desses corpos de forma lúdica, participando assim de uma luta libertadora“, finaliza a museóloga.

A oficina de bonecas Abayomi será realizada às 9h deste sábado (28/08), via Google Meet. Para fazer sua inscrição, basta acessar este link e preencher corretamente os dados. O link de acesso será enviado pelo e-mail cadastrado, uma hora antes do início.

Bate-papo sobre arte e feminismo

Bate-papo sobre arte e feminismo em Goiânia

Mirna Anaquiri participa da conversa (Foto: Divulgação)

Além da oficina de bonecas Abayomi, o público também poderá acompanhar o bate-papo, que acontece no mesmo dia, a partir das 16h, também de forma online e gratuita.

A conversa será entre Mirna Kambeba Omágua Yetê Anaquiri e Daya Gomes, que abordam o feminismo negro e indígena. Apesar disso, os inscritos também poderão participar ativamente da conversa, enviando perguntas e opiniões.

Será um momento de encontro, leveza, reflexão e principalmente de estratégia de como viver bem e nós temos que nos organizar para essa luta, nos juntar, então todas as pessoas são muito bem-vindas neste bate-papo“, comenta Mirna Anaquiri.

Bate-papo sobre arte e feminismo em Goiânia

Daya Gomes também participa da conversa (Foto: Divulgação)

O objetivo do bat-papo é dialogar sobre as demandas das mulheres indígenas e negras, para se pensar em estratégias de acolhimento, proteção, união e bem viver diante desse cenário de guerra, enfrentando pelo país nos últimos anos.

Para se inscrever e participar da conversa, basta acessar este link e preencher corretamente. O link de acesso será enviado pelo e-mail cadastrado, uma hora antes do início.

Serviço

Oficina de bonecas Abayomi e bate-papo sobre arte e feminismo

Quando: 28/08 (sábado)

Onde: Google Meet

Horário: oficina às 9h | bate-papo às 16h

Acesso: gratuito

Inscrições: link para a oficina | link para o bate-papo

Mais informações: @lowbrow.arte

Leia também: