Passe livre estudantil será depositado no primeiro dia útil do mês

A medida começa a valer a partir de outubro. Antes, os créditos eram depositados aos estudantes no décimo dia útil

Passe livre estudantil será depositado no primeiro dia útil do mês
Para ter acesso ao benefício é necessário que o estudante resida a mais de um quilômetro e meio da instituição de ensino, ser aluno da rede pública, ou bolsista da rede particular de ensino

O Passe Livre Estudantil (PLE) passará a ser depositado no primeiro dia útil de cada mês. A medida começa a valer a partir de outubro. Antes, os créditos eram repassados aos estudantes no décimo dia útil.

No mês de setembro, estudantes informaram que a quantia disponibilizada seria insuficiente, levando em consideração a durabilidade até 14 de outubro. No entanto, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds-Go) informa, em nota, que o depósito foi pensado para doze dias úteis, até o dia 1º de outubro, quando a recarga será disponibilizada.

“É importante ressaltar que o benefício do PLE não é cumulativo. Com isso, o saldo do usuário é levado em conta no depósito dos créditos, o que explica a diferença de créditos de um usuário para outro”, informa a Seds em nota.

Veja a nota da secretaria na íntegra:

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social reitera que o depósito de créditos do Passe Livre Estudantil (PLE) foi menor no mês de setembro devido à mudança na data de repasse do décimo dia útil para o primeiro dia de cada mês, uma antiga reivindicação dos estudantes.

Neste mês foram considerados doze dias úteis – 24 passagens contando ida e volta, perfazendo o valor de R$ 103,20 para a Grande Goiânia e R$ 88,80 para Anápolis.

É importante ressaltar que o benefício do PLE não é cumulativo. Com isso, o saldo do usuário é levado em conta no depósito dos créditos, o que explica a diferença de créditos de um usuário para outro.