Estadao Conteúdo

Patrick e mais seis testam positivo e São Paulo já soma 11 jogadores com covid-19

No primeiro dia de testagem, Tiago Volpi, Miranda, Gabriel Neves e Pablo já haviam testado positivo

Vigilância Sanitária interdita salas de aplicação de testes de Covid-19 da Drogasil em Goiânia
De acordo com a Secretaria de Saúde, a rede de farmácias deixou de fazer as adequações necessárias para obter o alvará (Foto: Divulgação)

O surto de covid-19 chegou com tudo no São Paulo. Um dia após anunciar quatro casos no elenco, o clube revelou que outros sete jogadores testaram positivo nesta terça-feira (11), subindo para 11 o número de baixas neste início de temporada. Entre eles está o meia Patrick, recém-contratado do Internacional.

“O São Paulo informa que, após os exames realizados ontem, testaram positivo para covid-19: Thiago Couto, Reinaldo, Nestor, Rafael Silva, Patrick, Danilo Gomes e Calleri”, anunciou o clube em suas redes sociais.

Todos estão sendo assistidos pelo departamento médico e seguirão o protocolo de saúde definido pelo clube. Ficarão em quarentena, liberados para realizar exercícios físicos, e realizando novos testes regularmente.

Na segunda-feira (10), na reapresentação do grupo, já haviam testado positivo o goleiro Tiago Volpi, o zagueiro Miranda, o volante Gabriel Neves e o atacante Pablo, todos em isolamento desde então.

O surto de covid-19 vai atrapalhar a pré-temporada do São Paulo. Rogério Ceni imaginava iniciar com trabalhos intensos para já “dar cara” ao novo time e agora terá pelo menos sete dias de atraso. A equipe estreia no Campeonato Paulista dia 27 de janeiro, em visita ao Guarani.