PF investiga grupo que cobrava por suposta influência política em Brasília

Em Goiás, as investigações acontecem em Goiânia e em Valparaíso

PF investiga grupo que cobrava por suposta influência política em Brasília
Foto: Reprodução - Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) investiga um grupo suspeito de cobrar vantagens indevidas a empresários, sob o pretexto de influenciar decisões de servidores públicos em Brasília. A apuração teve início nesta quinta-feira (11).

De acordo com a corporação, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão expedidos pela 15ª Vara da Justiça Federal de Brasília em Goiás (Goiânia e Valparaíso), no Distrito Federal e no oeste e sudoeste do Paraná.

De acordo com a PF, as buscas são para esclarecer se servidores públicos estão envolvidos nas fraudes ou se o grupo apenas alegava a influência para obter as vantagens indevidas. A operação chamada de “Antessala” aponta que o esquema agia, pelo menos, desde 2015.

A ação usa provas colhidas na Operação Pecúlio que, em 2016, prendeu vereadores Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, no Paraná, suspeitos de praticar irregularidades em processos licitatórios.