FolhaPress

Pfizer deve ter vacina contra ômicron até março

Chefe da farmacêutica afirma, porém, que não sabe ainda se versão será mesmo usada

Segundo a farmacêutica, vacina é bem tolerada pelas crianças. Pfizer: 3 doses contra covid-19 têm boa resposta em menores de 5 anos
(Foto: Divulgação - Pfizer)

O laboratório americano Pfizer espera ter uma vacina contra a Covid-19 adaptada à variante ômicron pronta até março, informou o chefe da farmacêutica nesta segunda-feira (10).

“Não sei se vamos precisar, não sei se será usado ou como, mas estaremos prontos. A fábrica já começou a produzir”, disse Albert Bourla ao canal financeiro CNBC.

Bourla indicou no final de novembro que sua empresa já havia começado a trabalhar em uma nova versão da vacina destinada mais especificamente a conter a variante ômicron.

“Esperamos apresentar um produto que proteja mais contra infecções, porque a proteção contra hospitalizações e casos graves é bastante razoável com as vacinas atuais se você recebeu a terceira dose”, explicou Bourla nesta segunda.

No entanto, são necessários mais estudos para determinar se uma quarta dose é necessária, acrescentou. Na semana passada, Chile e Israel aprovaram aplicação da quarta dose da vacina contra Covid em imunossuprimidos.

O diretor-geral do laboratório americano Moderna, Stéphane Bancel, indicou que a empresa trabalha em uma dose de reforço para este outono também destinada a atacar a ômicron e que deverá entrar “em breve” na fase de ensaios clínicos.

Uma dose de reforço da vacina da Janssen se mostrou 84% eficaz na prevenção de hospitalizações de profissionais de saúde sul-africanos que foram infectados durante a disseminação da variante ômicron.

Por causa da nova cepa, o mundo vem registrando números próximos a 2 milhões de casos por dia, quantidade muito superior à das ondas anteriores da doença.