PM prende sem-terra com R$20 mil em dinheiro vivo na Esplanada

A suspeita é que o dinheiro seria usado para pagar "cachê" a pessoas pobres da periferia para fingir que são "militantes" favoráveis a Dilma e contra o impeachment.

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu um integrante do MST em protesto na Esplanada dos Ministérios com cerca de R$ 16 mil em espécie. José Carlos dos Santos não soube explicar a origem do dinheiro e foi levado para a 5ª Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos.

O suposto sem-terra estava com o dinheiro em uma mochila e foi abordado como parte do procedimento de revista promovido pelos policiais. A suspeita é que o dinheiro seria usado para pagar “cachê” a pessoas pobres da periferia para fingir que são “militantes” favoráveis a Dilma e contra o impeachment.

O MST está acampado no estacionamento do Teatro Nacional, próximo à Esplanada. Após ser ouvido, o homem foi liberado pela polícia.