Polícia ainda não conseguiu interrogar homem nu que matou pastora em Goiânia

Odete Rosalina tinha 82 anos e orava no momento em que foi assassinada

Polícia ainda não conseguiu interrogar homem que matou pastora em Goiânia (Foto: Divulgação)
Polícia ainda não conseguiu interrogar homem que matou pastora em Goiânia (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil ainda não conseguiu interrogar o homem que matou a pastora Odete Rosalina da Costa em uma igreja da Assembleia de Deus localizada no residencial Kátia, em Goiânia, na manhã desta sexta (14). De acordo com o delegado responsável pelo caso, André Veloso, o homem estava fora si – provavelmente pelo uso de crack. É provável que o interrogatório só aconteça na semana que vem.

Odete tinha 82 anos e orava no momento em que orava com fiéis. O homem estava nu e, de acordo com informações preliminares da Polícia MIlitar, não tinha relacionamento com a vítima. “A equipe [de policiais] foi chamada para atender uma ocorrência de violência doméstica. No local, foi informada de que o suspeito tentou falar com a esposa, que não o atendeu. Então, ele surtou, quebrou o carro do sogro e pulou o muro”, afirma o tenente Leandro Rocha, do 42º Batalhão da Polícia Militar.

Culto em memória da pastora

Polícia ainda não conseguiu interrogar homem que matou pastora em Goiânia

Polícia ainda não conseguiu interrogar homem que matou pastora em Goiânia

Haverá um culto em memória de Odete na Assembleia de Deus das 8h às 9h de sábado (15). O enterro está marcado para 10 horas, no cemitério Jardim das Palmeiras.
Até o momento, o que a Polícia Civil já apurou é que o homem brigou e tentou agredir a esposa e a filha dela durante a madrugada, mas foi impedido por um parente e deixou a casa. Em seguida, dirigiu-se à igreja e matou a pastora com uma barra de ferro.

“O suspeito viu uma igreja aberta a cerca de 1km do local da residência onde a ocorrência teve início e adentrou. O pessoal estava orando, jejuando lá. Ele pulou para dentro, surtou e agrediu essa vítima aleatoriamente”, conta o tenente.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e prestou socorro a vítima que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.