Polícia Civil flagra 26 motoristas dirigindo bêbados em Anápolis

Operação Direção Consciente foi realizada entre os dias 20 e 21 de agosto.

Além do bafômetro, outras formas previstas em lei, são utilizadas pela polícia no combate à embriaguez ao volante. (Foto: Divulgação/DICT)

A Polícia Civil por meio da Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (DICT) realizou entre os dias 20 e 21 de agosto a Operação Direção Consciente, com o objetivo de combater a prática de embriaguez ao volante, em Anápolis. Ao todo, 26 motoristas foram flagrados bêbados pelas ruas da cidade, destes, sete foram presos em flagrante.

Em conversa com o Mais Goiás, o delegado Manoel Vanderic, titular da DICT, afirma que ainda existe muita desinformação por parte dos motoristas e da sociedade sobre o tema. Segundo ele, a tolerância é zero e qualquer teor de álcool no organismo acarreta multa para o motorista, mas o crime é a partir de 0,33 mg/l.

“Atualmente, o bafômetro não é a única prova prevista pela regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A prova testemunhal, exame clínico, teste passivo, prova de vídeo, também são meios utilizados pelos policiais e agentes de trânsito ao flagrar motoristas com suspeita de embriaguez”, disse Vanderic.

Segundo a Polícia Civil, crimes de trânsito têm provocado a maior concorrência de leitos de UTI com pacientes com Covid-19, superlotando hospitais e serviços de socorro. A DICT Anápolis continuará efetuando as operações para diminuir o índice de mortes no trânsito por embriaguez.