Polícia Civil tenta localizar autor de feminicídio em Anápolis

Delegado responsável pelo caso Wllisses Valentim disse que diligências acontecem para tentar encontrar o autor. Polícia divulga foto do suspeito

Identificado como Israel Rodrigues Inácio, 28, o homem é suspeito de ter matado a companheira a facadas. (Foto: Divulgação Polícia Civil)
Identificado como Israel Rodrigues Inácio, 28, o homem é suspeito de ter matado a companheira a facadas. (Foto: Divulgação Polícia Civil)

A Polícia Civil tenta localizar o principal suspeito pela morte de Tayná Ribeiro Duquis, de 26 anos. Identificado como Israel Rodrigues Inácio, de 28, o autor é suspeito de ter matado a companheira a facadas e fugir do local em um carro por aplicativo. O fato aconteceu no último domingo (06), em Anápolis.

Para a reportagem, o delegado responsável pelo caso, Wllisses Valentim, disse que diligências acontecem para tentar encontrar o autor. “Qualquer informação ou denúncia pode ser feita pelo 197 da Polícia Civil”, explica o delegado.

O Mais Anápolis apurou ainda que o porteiro do condomínio em que Tayná foi encontrada prestou depoimento na tarde de hoje (07) e relatou ter sido comunicado do homicídio pela irmã do suspeito. Ela teria pedido para que o funcionário chamasse a polícia, pois o casal teria discutido e o irmão sumido.

Tayna Ribeiro Duquis foi sepultada na tarde desta segunda-feira (07) e deixou uma criança de 01 ano. Nas redes sociais, familiares e amigos pedem por justiça e compartilham a imagem do suspeito a fim de localizá-lo.