Polícia de Goiás disponibiliza 2ª via simplificada de RG pela internet; veja como

Com isso, a pessoa não é mais obrigada a comparecer presencialmente unidade do Vapt-Vupt

Polícia Civil disponibiliza 2ª via simplificada de RG pela internet; veja como
Com isso, a pessoa não é mais obrigada a comparecer presencialmente unidade do Vapt-Vupt (Foto: Agência Brasil)

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) informou que passa, a partir de agora, a oferecer à o população a opção de tirar pela internet a 2ª via simplificada do Registro de Identidade (RG). A corporação informou que, com isso, a pessoa não é mais obrigada a comparecer presencialmente unidade do Vapt-Vupt.

Segundo informações da PCGO, o indivíduo que precisar da segunda via do RG terá mais facilidade para a emissão. No entanto, para optar pelo procedimento on-line, a pessoa precisar ter o RG recente, emitido nos últimos 3 anos (desde 2019). “Depois, basta fazer o requerimento pela internet, no site iivirtual.ssp.go.gov.br.“, informou.

Após essa etapa, o solicitante deve clicar na parte de ‘Carteira de Identidade’ e, em seguida, em ‘2ª Via Simplificada’ e preencher os campos com as informações pedidas. Vale destacar que é preciso informar o CPF, telefone e e-mail corretamente para que não ocorra nenhum tipo de falha. Após a confirmação do pedido, um boleto é emitido com prazo de pagamento de 7 dias úteis.

2ª via de RG pela internet fica pronta entre 10 e 15 dias

Segundo a PCGO, depois de passar por todas as etapas, o interessado deve escolher a unidade Vapt-Vupt onde pretende buscar o documento impresso e agendar um horário de atendimento. Na capital e região metropolitana, o documento fica pronto em até 10 dias. Já no interior, são 15 dias úteis para ficar pronto, após o pagamento do boleto.

A polícia ressaltou que somente o dono do documento pode retirá-lo no Vapt-Vupt. “Para retirar o documento, o cidadão deverá realizar a autenticação biométrica e também apresentar a certidão de nascimento ou casamento”, informou.

Já quanto ao RG digital, a PCGO destacou que está disponível público, nas lojas de aplicativos Android ou IOS, o aplicativo que pode ser baixado pela pessoa que tem RG emitido no Estado a partir de 2019. Pelo celular, é possível portar o documento de RG de forma digital, sem precisar do impresso. “Trata-se, portanto, de uma espécie de identificação por meio de dispositivo eletrônico”, disse.