Polícia divulga retrato falado de homem que tentou estuprar mulher em Trindade

Investigadores esperam que desta forma o suspeito seja encontrado

A Polícia Civil divulgou o retrato falado do suspeito de tentativa de estupro que ocorreu no setor Maysa 2, em Trindade, - Polícia divulga retrato falado de homem que tentou estuprar mulher em Trindade
Polícia divulga retrato falado de homem que tentou estuprar mulher em Trindade (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil divulgou o retrato falado do suspeito de tentativa de estupro que ocorreu no setor Maysa 2, em Trindade, na madrugada do último sábado (15). Segundo as investigações, a vítima foi ouvida na delegacia e fez a descrição do autor, embora estivesse muito nervosa.

“O retrato falado – conhecido também como composição fotográfica – foi elaborado pela Gerência de Identificação da Polícia Civil. Agora, com a divulgação dele, a PCGO espera conseguir localizar o suspeito”, disseram os investigadores.

Segundo a composição, trata-se de um homem moreno, magro, cabelos pretos, altura de cerca de 1,82 metro, idade entre 30 e 40 anos. No momento do crime, ele vestia agasalho cinza, bermuda vermelha e tênis.

A polícia ressalta que quem tiver informações sobre o suspeito pode fazer denúncia anônima para o 197 da Polícia Civil; ligar no telefone Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Trindade: (62) 3505-7539 e ou entrar em contato via Whatsapp 98431-8923.

Polícia divulga retrato falado de homem que tentou estuprar mulher em Trindade

Polícia divulga retrato falado de homem que tentou estuprar mulher em Trindade (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil divulgou o retrato falado do suspeito de tentativa de estupro que ocorreu no setor Maysa 2, em Trindade, - Polícia divulga retrato falado de homem que tentou estuprar mulher em Trindade

Polícia divulga retrato falado de homem que tentou estuprar mulher em Trindade (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Relembre o caso

A vítima, uma jovem de 19 anos, revelou que estava a caminho do trabalho, na avenida Araguaia, quando foi abordada por um homem que anunciou o assalto e ordenou que ela passasse o celular. Porém, ela disse que não obedeceu o criminoso e não entrou o aparelho a ele. Com isso, o investigado tentou agarrá-la e passou a mão em seus seios.

“Tentei arranhar, beliscar, fazer o que podia para que me soltasse. Os carros passando, sabe, não deram a mínima, e eu gritando desesperada. Tentei entrar na frente de um carro, mas não adiantou. Eu já estava sem forças”, contou a jovem para a TV Anhanguera.

As imagens mostram quando outros motoristas param e moradores, que ouviram os gritos da mulher, se aproximam para ajudá-la. De acordo com a vítima, o homem ainda mentiu para as primeiras pessoas que se aproximaram. “Ele falou que era meu marido, que eu estava embriagada e que ele só estava tentando me levar para casa”.

A Polícia Militar chegou a ser acionda. Mas quando os policiais chegaram ao local, o suspeito havia conseguido fugir.

Preso suspeito de causar fratura exposta no braço da esposa em Trindade; leia.