Polícia indicia mulher que aplicava golpes amorosos contra homens no DF

De acordo com as investigações da Polícia Civil, a mulher investia em homens com baixa autoestima

Polícia indicia mulher que aplicava golpes amorosos contra homens no DF
Polícia indicia mulher que aplicava golpes amorosos contra homens no DF (Foto: Reprodução - Redes sociais)

Uma mulher foi indiciada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) por estelionato amoroso após aplicar golpes em homens que acreditavam em uma futura relação amorosa. A jovem apelidada pelas vítimas de “Safadinha do Pix” concentrava as investidas contra pessoas com baixa autoestima.

De acordo com as investigações conduzidas pela 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), a suspeita atraia as vítimas por meio de aplicativos de relacionamento. Ela selecionava os homens que aparentavam ter algum poder aquisitivo e que demonstrassem carência ou instabilidade emocional.

Conforme as informações da coluna “Na Mira”, do portal Metrópoles, no último caso ela conseguiu faturar R$ 1 mil enganando um morador de Sobradinho, de 30 anos.

Suspeita fazia promessas amorosas e sexuais as vítimas

A PC teve acesso as conversas, onde, a estelionatária seduzia com promessas de cunho amoroso e, mais adiante, sexual. Em seguida, ela solicitava quantias para despesas diversas. As solicitações eram sempre via Pix.

Entre os pedidos estavam o pagamento de sessões de bronzeamento artificial até ajuda de custo para “ajudar uma amiga doente”, ou até mesmo para o salão de beleza. Logo depois de conseguir receber a maior quantia possível, ela cortava a relação virtual com a vítima.

Nas redes sociais, a mulher colecionava seguidores e tinha o hábito de publicar fotos com roupas sensuais, além de viagens internacionais para a Europa e em festas badaladas.

A pena para a prática do crime de estelionato amoroso é de reclusão de um a cinco anos, e multa.