Polícia prende suspeito de matar criminosos de grupo rival em Niquelândia (GO)

Grupo de tráfico de Alair estava em “guerra” com outro grupo que supostamente atua em Niquelândia

A Polícia Civil prendeu Alair Gonçalves Aquino por suspeita de pelo menos cinco homicídios tentados e consumados, na cidade de Niquelândia. O sujeito, segundo as investigações, é integrante de uma facção criminosa especializada no tráfico de drogas, que cometia crimes contra grupos rivais. Nesta quinta-feira (12), os agentes civis prenderam Alair de forma temporária.
Susposto membro de facção é preso suspeito homicídios em Niquelândia (Foto: Divulgação – PC)

A Polícia Civil prendeu Alair Gonçalves Aquino por suspeita de pelo menos cinco homicídios tentados e consumados, na cidade de Niquelândia. O sujeito, segundo as investigações, é integrante de uma facção criminosa especializada no tráfico de drogas, que cometia crimes contra grupos rivais. Nesta quinta-feira (12), os agentes civis cumpriram, contra Alair, mandado de prisão temporária.

De acordo com o delegado do caso, Cássio Arantes, o grupo de tráfico de Alair estava em “guerra” com outro grupo que supostamente atua na região de Niquelândia. Como consequência disso, o suspeito matado e tentado matar alguns rivais.

Com a prisão do homem e com a coleta de novos elementos informativos, a polícia espera que diversos inquéritos policiais em andamento possam ser concluídos, com o esclarecimento da autoria e circunstâncias dos crimes.

As investigações prosseguem, até porque não se descarta possibilidade de que outras pessoas podem estar envolvidas nestes e outros crimes envolvendo o grupo.

A divulgação das imagens e identificação do preso tem como finalidade esclarecer esta e outras investigações em andamento, além de encorajar testemunhas e vítimas a denunciarem para a Polícia Civil, caso reconheçam o suspeito como autor ou partícipe dos delitos.

Toda divulgação foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019, Portaria nº 02/2020-PC e Despacho do Delegado Geral nº 000010828006.