Polícia prende suspeitos de roubar mais de 300 cabeças de gado em Goiás

Operação Duplicidade cumpriu mandados em Goiânia, Aruanã, Araguapaz, Itapirapuã e Faina

Polícia prende suspeitos de roubo a mais de 300 cabeças de gado em Goiás
Polícia prende suspeitos de roubo a mais de 300 cabeças de gado em Goiás (Foto: Agência Brasil)

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu quatro pessoas subtraírem mais de 300 cabeças de gados no Estado. A Operação Duplicidade, que ocorreu em 24 e 25 de novembro, cumpriu quatro mandados de prisão e três de busca e apreensão em residências e fazendas em Goiânia, Aruanã, Araguapaz, Itapirapuã e Faina.

A ação aconteceu por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais(DERCR), com apoio da Delegacia de Polícia de Aruanã. A apuração da polícia indiciou que o gerente da fazenda da vítima roubou o gado e vendeu para dois criadores. A corporação não informou em qual município ficava esta fazenda.

Os compradores, então, emitiram notas fiscais para vender os animais para produtores rurais de boa fé. Segundo a corporação, durante as buscas, 66 cabeças de gado – avaliados em mais de R$ 180 mil – foram apreendidas em uma fazenda na região de Faina.

Ao todo, 307 cabeças de gado foram recuperadas durante a operação. Os animais vale mais de R$ 1 milhão.