Por causa do frio, Goiânia se chamará “Polo Norte do Cerrado”, diz decreto fake

Documento também diz ser facultativo o banho matinal nos dias frio e avisa que é bom pedir "pamonha pela manhã para não ficar sem"

Goiás terá baixas temperaturas com possibilidade de frente fria no final da semana (Foto: Jucimar de Sousa - Mais Goiás)
Goiás terá baixas temperaturas com possibilidade de frente fria no final da semana (Foto: Jucimar de Sousa - Mais Goiás)

A prefeitura de Goiânia utilizou o Twitter para brincar com o frio previsto para a capital – as temperaturas podem chegar a 5ºC nesta quinta-feira (19). De acordo com o “novo decreto”, a cidade “poderá ser chamada de Polo Norte do Cerrado”.

O documento de brincadeira, que é assinado pelo estagiário Toperson dos Pequi, também diz ser facultativo o banho matinal nos dias frio e avisa que é bom pedir “pamonha pela manhã para não ficar sem”. Além disso, informa que “todos os compromissos do fim de semana podem ser desmarcados para ficar quietinho em casa debaixo de uma coberta”. E ainda: “É expressamente proibido encostar a mão fria ou gelada em alguém.”

Vale citar, o decreto fake também apresenta partes sérias. Ele sugere a “doação de agasalhos, cobertores e calçados que o goianiense não usa mais” e recomenda “o uso de máscaras em casos de sintomas de gripe ou resfriado”.

Baixas temperaturas

Apesar da brincadeira, o tema é sério. As regiões Sudoeste e Sul de Goiás podem ter temperaturas de 1ºC nesta quinta-feira (19), dia mais frio da semana. Os prognósticos chegaram a ficar abaixo do 0ºC, no fim de semana, mas as condições, segundo André Amorim, gerente do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo) mudaram.

De acordo com ele, Mineiros e Jataí devem registrar essas mínimas de 1ºC a 2ºC. Já Goiânia, que até a última semana tinha previsão de 5ºC na quinta, agora pode ter 6ºC a 8ºC pela manhã. “Na zona rural, pela circulação de ventos, ainda pode fazer 5ºC”, avalia André.

Ele lembra que, nesta terça-feira (17), já houve uma queda na temperatura da capital, com mínima de 16ºC. A previsão para quarta-feira (18) é ainda mais rígida: 10ºC. Segundo boletim do Cimehgo, as baixas temperaturas, em Goiás, poderão afetar diretamente os setores da agricultura, piscicultura e pecuária. Outro setor de preocupação é o social, em relação a população em situação de vulnerabilidade.

Inclusive, a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e o Gabinete de Políticas Sociais (GPS) deram início à campanha Aquecendo Vidas, que vai distribuir, inicialmente, 70 mil cobertores adquiridos pelo Governo do Estado, neste ano. O projeto irá arrecadar agasalhos novos e usados por meio de parceria com empresas e instituições para distribuir ao longo dos períodos mais frios para entidades sociais, famílias vulneráveis, pessoas em situação de rua e refugiados.