Por título inédito da Copa Verde, Vila Nova visita o Remo no estádio Baenão

Vila Nova e Remo entram em campo neste sábado (11), às 17 horas, no estádio Baenão, em Belém

Jogadores do Vila Nova reunidos no gramado
Jogadores do Vila Nova reunidos no gramado. Foto: Heber Gomes - Mais Goiás

Em busca do título inédito da Copa Verde, o Vila Nova entra em campo contra o Remo, neste sábado (11), ás 17 horas, no estádio Baenão, em Belém, no segundo jogo da final da competição. Como o primeiro confronto terminou empatado em 0 a 0, quem vencer fica com o troféu, em caso de empate, a decisão será nas penalidades.

Após parar nas semifinais da Copa Verde em 2020, nesta temporada, o colorado não quer deixar o título escapar e diante do Remo aposta no bom desempenho nos últimos jogos. A equipe está há 6 jogos sem perder, são 3 vitórias e 3 empates. O retrospecto recente da equipe também é invejável, nas últimas 20 partidas, o time perdeu apenas uma vez, foram 10 vitórias e 9 empates.

Para levantar o segundo caneco em cima do Remo (a equipe já venceu a Série C 2020), o técnico Higo Magalhães deverá apostar na mesma base que empatou em Goiânia contra a equipe paraense. O time também conta com o retorno de Rafael Silva, que cumpriu suspensão e está apto para jogar, mas irá ficar no banco de reservas.

O Vila Nova deverá entrar em campo com a seguinte escalação. Georgemy; André Krobel, Rafael Donato, Renato, Bruno Collaço; Moacir, Pedro Bambu, Tiago Real; Alesson, Diego Tavares e Clayton.

Como o Remo será escalado para enfrentar o Vila Nova?

Na equipe do Remo, o técnico Eduardo Baptista possui duas dúvidas para o confronto contra o Vila Nova. Na lateral direita, Wellington Silva não participou do primeiro jogo por lesão muscular e poderá retornar a equipe. No meio de campo, Pingo também é dúvida, já que deixou o confronto contra o Tigrão com dores musculares e poderá não atuar na final.

Com algumas interrogações na cabeça, Eduardo Baptista deverá escalar o Remo da seguinte forma. Vinícius; Wellington Silva (Kevem), Fredson, Marlon, Igor Fernandes; Pingo (Neto Moura), Lucas Siqueira, Felipe Gedoz, Tiago Mafra (Lucas Tocantins), Erick Flores e Neto Pessoa.