A um ano da eleição, prefeitos do MDB dizem que relação com Caiado é “a melhor possível”

Partido também endossa participação ostensiva de Daniel Vilela em eventos com Caiado. "Obedecendo o próprio MDB"

Prefeitos do MDB garantem sintonia com o governo de Goiás
Prefeitos do MDB garantem sintonia com o governo de Goiás (Foto: Jucimar de Sousa - Mais Goiás)

A um ano da eleição que vai escolher o próximo governador de Goiás, prefeitos do MDB entrevistados pela reportagem afirmam que a relação do partido com Ronaldo Caiado (DEM) e a base dele é “a melhor possível”. Todos eles dizem que a aliança está consolidada e que é irreversível a presença do ex-deputado federal Daniel Vilela (presidente estadual do MDB) na chapa, como candidato a vice-governador. A dobradinha Daniel-Caiado está sacramentada desde setembro desse ano.

Um dos articuladores desta aliança, o prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves (MDB), diz que 99% das lideranças emedebistas entenderam que o projeto é viável. “A aliança consolidada, não se discute mais”, afirma.

Segundo Naves, ainda há arestas a se aparar, mas são poucas. “A relação da equipe política de Caiado com o MDB é muita boa. Temos um contato maduro, sereno”, avalia. “Este não é o momento de pensar em projetos pessoais, mas no Estado.” Haroldo diz ainda que Caiado conhece bem o MDB desde 2014, um partido com “cerca de 800 mil votos”, e que por isso “estendeu a mão” ao partido.

O prefeito de Buriti Alegre, André Chaves (MDB), concorda que a parceria avançou bem. Para André, é natural que haja arestas – tanto no MDB quanto na base de Caiado – uma vez que os partidos estiveram em lados opostos em 2018. “Mas Daniel e o governador estão lidando bem com isso”.

Quem também endossa a tese de que há sintonia é Pábio Mossoró (MDB), prefeito de Valparaíso. Segundo ele, a comunicação do governo com os prefeitos do MDB é a melhor possível. Na visão dele, não há qualquer ajuste a ser feito.

Aleomar Rezende (MDB), prefeito de Mineiros – onde Caiado esteve essa semana – também não tem ressalvas. Segundo ele, o relacionamento político e administrativo está afinado. “A decisão mais acertada do MDB foi firmar essa aliança com Caiado. O governador vai bem e ainda chama o MDB para ser vice”, se empolga.

Daniel e as participações em eventos públicos com Caiado

O prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves, também comentou sobre a participação ostensiva de Daniel Vilela, presidente do MDB Goiás, nos eventos públicos do governador Ronaldo Caiado. Segundo ele, todos os presidentes de partidos deveriam acompanhar estas ações, dando sugestões e orientações.

“As ações do Estado são públicas e os presidentes de partido podem e deve, se acharem o projeto sério, participar.” De acordo com ele, essa participação de Daniel é meramente uma decisão do partido. “Está obedecendo o entendimento do MDB”, avalia.

Aleomar, de Mineiros, declara que, a partir do momento que Caiado sinalizou que queria o partido na chapa, é natural essa participação e aproximação. “Partido tem que estar junto e Daniel tem que estar participando. Daniel é o nosso legado, que conviveu com Iris e Maguito, tudo que o MDB tem de melhor. Vai fazer muita diferença para o ano que vem“, conclui.