Preso pode ter sido assassinado dentro de cela da Unidade Prisional de Anápolis

Thiago Fernandes Costa tinha 40 anos e foi encontrado morto pendurado pelo pescoço com um lençol dentro de uma das celas

Thiago Fernandes Costa já respondeu por ameaça e suborno e cumpria pena por roubo (Foto: Reprodução)
Thiago Fernandes Costa já respondeu por ameaça e suborno e cumpria pena por roubo (Foto: Reprodução)

Thiago Fernandes Costa que cumpria pena por roubo possivelmente foi assassinado dentro de uma cela da Unidade Prisional de Anápolis. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) confirmou o óbito do preso de 40 anos de idade. Inicialmente havia a suspeita de suicídio, porém, o caso é investigado como homicídio após relatos de outros detentos na manhã de sábado (2).

Policiais penais encontraram Thiago pendurado pelo pescoço com um lençol, amarrado no portal do banheiro. “O detento estava sem sinais vitais dentro de uma das celas. De imediato, foram realizados os primeiros atendimentos médicos, além de acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Os profissionais do Samu atestaram o óbito”, diz a DGAP em resposta ao Mais Anápolis.

Colegas de cela mudaram a versão

Companheiros de cela relataram que Thiago havia se suicidado, mas em conversa com os policias um deles mudou a versão e contou que o preso havia sido assassinado. A testemunha disse que eles haviam sido coagidos por outro colega para que mentissem. A morte teria sido motivada por uma desavença entre o suposto autor de 20 anos e a vítima.

“Mediante o fato, foram realizadas as devidas comunicações às autoridades policiais, além da abertura de procedimentos administrativos internos”, afirmou a diretoria.

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil foi informado sobre o ocorrido e os possíveis envolvidos e o mandante prestaram depoimento na Central de Flagrantes da Polícia Civil.