Preso suspeito de estuprar mulher em matagal de Senador Canedo (GO)

Crime aconteceu na noite do dia 7 de maio, quando a vítima voltava do trabalho

Um homem está preso suspeito de agarrar uma mulher e estuprá-la em um matagal, na cidade de Senador Canedo. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no último dia 7 de maio, por volta das 20 horas, quando a vítima voltava do trabalho. Nesta terça-feira (10), os agentes civis cumpriram contra o homem um mandado de prisão preventiva.
Preso suspeito de agarrar mulher e a estuprar em matagal em Senador Canedo (GO) (Foto: Divulgação – PC)

Um homem está preso suspeito de agarrar uma mulher e estuprá-la em um matagal, na cidade de Senador Canedo. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no último dia 7 de maio, por volta das 20 horas, quando a vítima voltava do trabalho. Mandado de prisão preventiva foi cumprido nesta terça-feira (10).

Segundo as investigações, a vítima caminhava para casa quando foi abordada por um desconhecido. Aos policiais, a mulher narrou que tentou correr, mas foi perseguida, agarrada e forçada a ir até uma área de matagal próxima à Rua Alexandre Pereira Lima.

No mencionado local, o homem ameaçou a mulher e a forçou a manter relações sexuais com ele. Diversas testemunhas presenciaram o momento em que a vítima, logo após o ocorrido, pediu socorro em um comércio local. A mulher estava com os cabelos e roupas sujos de terra e grama e chorava muito ao contar o que sofreu.

De acordo com os investigadores, uma das testemunhas, inclusive, afirma que viu o momento em que a vítima foi forçada até o matagal enquanto gritava implorando ao autor para que não lhe fizesse mal.

Assim que a polícia soube do crime, enviou equipes até o local da ocorrência, buscaram filmagens, ouviram a vítima e diversas testemunhas, bem como requisitaram exames periciais.

Reconhecido pela vítima

Assim que o homem foi localizado, os agentes o encaminharam para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher. Lá, ele reconhecido pela vítima como o suposto autor do abuso sexual.

Uma das testemunhas também informou a compatibilidade entre as características do investigado e do homem que viu arrastando a vítima para o matagal.

Diante dos elementos colhidos, a DEAM de Senador Canedo solicitou a prisão preventiva do suspeito, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário. Agora, o investigado está preso e à disposição da Justiça.