Regina Duarte diz que é “maior que a Globo” após ser excluída de especial

Atriz deixou a emissora para assumir cargo no governo Jair Bolsonaro (PL)

70 Anos Esta Noite Atriz deixou a emissora para assumir cargo no governo Bolsonaro (PL). Regina Duarte diz que é maior que a Globo após ser excluída de especial
Regina Duarte também já foi processada por apologia à tortura (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

Ela ataca de novo! Regina Duarte, 74 anos, não gostou nada nada de não ter sido convidada para o “70 Anos Esta Noite”, especial que a Globo exibiu para comemorar os 70 anos da telenovela no Brasil. Ela reproduziu no Instagram a imagem de uma manchete dizendo que havia sido “ignorada” e, por cima, havia a frase: “Regina, você é maior que a Rede Globo. Eterna namoradinha do Brasil”.

“O maior sentimento que me invade nas comemorações dos setenta anos de telenovela é gratidão. A vida me deu oportunidades fantásticas de me jogar num trabalho que não beneficiou só a mim. A maioria dos brasileiros receberam comigo um presente carregadinho de amor, de alegrias de identificação com as mais genuínas emoções humanas”, escreveu Regina Duarte na legenda.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Regina (@reginaduarte)

A atriz apareceu em “70 Anos Esta Noite” apenas de relance, com poucas cenas de algumas de suas personagens famosas de novelas da Globo, como a viúva Porcina de “Roque Santeiro”.

Regina Duarte estava na Globo desde 1969. Ela deixou a emissora em fevereiro de 2020, após ser convidada por Jair Bolsonaro (PL) para assumir a Secretaria Especial da Cultura. No cargo, ela ficou menos de três meses.

Em maio deste ano Bolsonaro anunciou que a ex-global passaria a fazer parte da gestão da Cinemateca Brasileira, em São Paulo. Regina Duarte nunca chegou a assumir cargo nenhum na instituição.

Vale lembrar a primeira saia-justa da atriz no governo, já na cerimônia de posse. Ao discursar, ela tentou arrancar do presidente uma confirmação de que teria autonomia para trabalhar, como ele lhe prometera. Porém, acabou ouvindo de Bolsonaro que a tal “carta branca” prometida não seria bem do jeito que ela imaginava.

Regina x Lula

Em abril deste ano, a Justiça determinou um prazo de 15 dias para que Regina se retratasse em sua conta no Instagram, sob pena de multa diária de R$ 150, até o máximo de R$ 50 mil. Em sua argumentação, o magistrado diz que a atriz “propalou fake news a respeito do patrimônio da falecida Marisa Letícia”.

Em abril do ano passado, quando ocupava o cargo de secretária nacional de Cultura do governo de Jair Bolsonaro, ela publicou afirmação de que foram encontrados R$ 256 milhões em uma conta da ex-primeira-dama. O valor correto era de R$ 26.281,74. Cabe recurso da decisão.

Chamada de racista, Regina Duarte coleciona polêmicas: veja as principais