Revelado no Goiás, Toloi celebra convocação para seleção italiana

Itália entra em campo no próximo dia 25, contra Irlanda do Norte

Foto: Reprodução/Federação Italiana de Futebol

O zagueiro Rafael Toloi, cria das categorias de base do Goiás, teve sua primeira entrevista como jogador da seleção italiana. O atleta, natural de Glória D’Oeste, no Mato Grosso, teve o aval da Fifa em fevereiro para a mudança de cidadania e por isso pode ser convocado por Roberto Mancini para as eliminatórias europeias na última sexta-feira.

O zagueiro destacou que é uma honra vestir a camisa italiana e ressalta que a convocação veio por mérito e muito trabalho. Na Atalanta, o jogador completou mais de 200 jogos pela equipe de Bérgamo. “É uma emoção enorme, acho que isso é mérito do trabalho duro e o empenho de cada dia. Estou muito feliz de estar aqui”, comentou Toloi.

Apesar de já estar entrando para o time dos experientes, já com 30 anos, o defensor destocou que está lá para aprender com todos. “Aqui estão alguns dos melhores defensores do mundo, e deles posso aprender muito. Não sou mais um garoto, já tenho 30 anos e é a minha primeira convocação, mas quero fazer o meu melhor nesse período”, disse Toloi.

Quando atuava pelo Goiás, Rafael Toloi pode vestir a camisa da seleção brasileira Sub-20 e disputar o mundial da categoria, em 2009. Porém na seleção principal, mesmo com boa fase na Atalanta, o jogador nunca esteve entre os selecionáveis. “Nunca me contataram (seleção brasileira). Quando soube da possibilidade de jogar pela Itália, na hora disse sim. Toda a minha família ficou feliz”, completou o jogador.

Se com a camisa da Atalanta, Toloi soma mais de 200 jogos, com a do Goiás foi a segunda que o atleta mais atuou. Em 4 temporadas no alviverde, o jogador fez 176 jogos e marcou 19 gols.