FolhaPress

Rio libera lotação máxima em cinemas, teatros, festas e shoppings

Parte dos alunos da rede pública também volta a ter aulas presenciais nesta segunda-feira (18)

Vista ampla de uma praia carioca
Rio libera lotação máxima em cinemas, teatros, festas e shoppings (Foto: reprodução - Agência Brasil)

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), publicou nesta segunda-feira (18) um decreto autorizando a lotação máxima em espaços como cinemas, teatros, casas de festa e centros comercias.

O decreto determina também que não é mais necessário haver distanciamento social nesses ambientes, apenas manter o uso de máscaras. Antes, a lotação permitida era de 70% com distanciamento de um metro entre as pessoas.

Segue suspenso, porém, o funcionamento de boates, danceterias e salões de dança até que 65% da população tenha completado o esquema vacinal, número que está em 61,3% atualmente.

O decreto vem um dia depois de o secretário de Saúde da cidade, Daniel Soranz​, afirmar que a capital fluminense tem o menor número de pacientes internados por Covid desde o início da pandemia, bem como a menor taxa de transmissão desde o começo da crise sanitária.

“Nesta semana, de cada cem testes para Covid-19 realizados no Rio, somente quatro foram positivos, é o menor percentual de positividade visto até o momento”, escreveu ele em uma rede social.

Na sexta-feira (15), durante a divulgação do último boletim epidemiológico da cidade, Soranz disse que, pela primeira vez, a pandemia está sob controle do Rio. “Se não houver uma nova variante, alguma surpresa, podemos falar que estamos numa situação de estabilidade.”