Rogério Cruz proíbe carnaval, grandes shows e baladas em Goiânia

Decreto previsto para hoje terá validade de 15 dias

Prefeitura de Goiânia proíbe carnaval, grandes eventos e modifica funcionamento de bares e afins
Prefeitura de Goiânia proíbe carnaval, grandes eventos e modifica funcionamento de bares e afins (Foto: Jucimar de Sousa - Mais Goiás)

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), anunciou nesta segunda (17) que irá proibir o carnaval, grandes shows e baladas na capital. O decreto previsto para hoje terá validade de 15 dias.

Conforme antecipado, bares, pit dogs, boates e afins deverão funcionar com distanciamento de 1,5 m entre as mesas e limitação de 50% da capacidade local. Além disso, fica estabelecido o número máximo de 500 pessoas, sem autorização para ficar de pé, além da proibição de pista de dança e consumo de alimentos fora das mesas.

Shoppings, igrejas, academias, salões de beleza, cinemas, zoológico, Mutirama, teatros, circos e congêneres deverão funcionar com 50% da capacidade. Além disso, eventos corporativos e sociais também ficam limitados a 50% da capacidade do local, máximo de 500 pessoas, sem autorização para pessoas de pé.

As medidas foram tomadas por causa do avanço da variante Ômicron, bem como dos casos de gripe e dengue.