Rogério Cruz sanciona reajuste salarial de administrativos e professores de Goiânia

Servidores terão reajuste nos salários e receberão auxílio locomoção mensal

Rogério Cruz sanciona Lei de reajuste salarial de servidores administrativos e professores de Goiânia
Rogério Cruz sanciona Lei de reajuste salarial de servidores administrativos e professores de Goiânia (Foto: Ilustração/Pixabay)

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) sancionou a lei de reajuste salarial para servidores públicos administrativos e professores da rede municipal de Goiânia, nesta segunda-feira (16). A medida foi assinada às 15h na Escola Municipal Itamar Martins Ferreira, no setor Bela Vista.

O projeto de lei garante um reajuste de 9,32% na remuneração de cerca de 30 mil servidores. A porcentagem é referente às datas-bases de 2020 e 2021.

Para os professores municipais, o reajuste é de 15% divididos em duas etapas: 10,86% retroativo ao mês de abril e 4,14%, a partir de setembro de 2022. A categoria também terá um aumento de 50% no valor do auxílio locomoção e 15% na gratificação voltada aos professores de regência que atuam em sala de aula.

Os administrativos da Educação também serão beneficiados. Além do reajuste salarial de 9,32%, a categoria receberá um vale locomoção no valor de R$ 300 ao mês.

LEIA MAIS

Rogério Cruz sanciona Lei que desobriga uso de máscaras em espaços abertos em Goiânia

Prefeito de Goiânia sanciona, nesta segunda, doação de área para OAB-GO

Rogério Cruz sanciona revisão do Plano Diretor de Goiânia: veja principais pontos

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Francisco Costa