Sean Connery, o primeiro James Bond do cinema, morre aos 90 anos

Anúncio foi feito na manhã deste sábado (31) pela família do ator escocês à BBC. Connery morreu enquanto dormia

Morre o ator Sean Connery, famoso por interpretar James Bond
(Foto: Reprodução)

O ator Sean Connery, conhecido pelo papel do agente James Bond, morreu aos 90 anos. O anúncio foi feito na manhã deste sábado (31) pela família do ator escocês à BBC. Connery morreu enquanto dormia, durante uma estadia nas Bahamas. De acordo com a emissora, ele enfrentava problemas de saúde há algum tempo.

Sean foi o primeiro ator a interpretar o icônico James Bond nos cinemas, fazendo parte de sete filmes da franquia 007. Ele foi vencedor de um Oscar de melhor ator coadjuvante em 1988 pelo filme Os Intocáveis, de Brian de Palma. Sean Connery também venceu dois Baftas e três Globos de Ouro ao longo da carreira.

Connery passou por duas importantes cirurgias nos últimos anos: em 1993, foi obrigado a se submeter à radioterapia para eliminar nódulos na garganta e, em 2003, operou os dois olhos de catarata.

O ator nasceu em Edimburgo, na Escócia, em 1930, e ganhou seu primeiro papel em 1954, no filme Lilacs in the spring.

Com mais de 94 papéis ao longo de mais de 50 anos de carreira, o ator estrelou filmes importantes e populares como O Homem que Queria Ser Rei, O Nome da Rosa, Indiana Jones e a Última Cruzada, Os Intocáveis, Caçada ao Outubro Vermelho, entre outros.

O último trabalho de Connery foi a animação Sir Billi, lançada em 2012, na qual ele dublou o protagonista.

O escocês celebrou o último aniversário no dia 25 de agosto. Nos anos 2000, Sean Connery foi condecorado pela rainha Elizabeth II e recebeu o título da ordem da cavalaria, recebendo o título de sir.