Estadao Conteúdo

Seleção masculina bate China e fatura a 7ª vitória seguida na Liga das Nações

Brasil segue na segunda colocação da tabela, com os mesmos 23 pontos da líder Polônia, que leva vantagem nos critérios de desempate

Depois de enfrentar dificuldades nos últimos dois jogos, a seleção brasileira masculina de vôlei venceu com tranquilidade a China por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/19 e 27/25, na cidade de Ufa, na Rússia, no encerramento de sua participação na terceira semana da Liga das Nações. O time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto só encontrou dificuldades neste domingo (10) no terceiro set, quando abusou dos erros e quase foi surpreendido.
Com o resultado, a seleção acumulou a sétima vitória consecutiva na competição, sendo a oitava no total. Antes, o time havia batido Sérvia, Alemanha, Coreia do Sul, China, Estados Unidos, Rússia e Irã – perdeu somente para a Itália. O Brasil segue na segunda colocação da tabela, com os mesmos 23 pontos da líder Polônia, que leva vantagem nos critérios de desempate – média de sets.

Para o duelo deste domingo, Renan colocou Isac e o líbero Thales na equipe – Murilo não chegou a entrar em quadra. William, Wallace, Maurício Souza, Douglas e Maurício Borges completaram a equipe brasileira titular. Com esta formação, a seleção fez um duelo parelho no início do primeiro set, mas passou a abrir vantagem ao fazer 11/10. Com superioridade em todos os fundamentos, o Brasil fez 14/11 e fechou a parcial em 25/20.

No segundo set, o Brasil teve ainda mais facilidade em quadra. Abriu 4/1 mas sofreu certa resistência do time chinês quando o rival virou o marcador para 11/10. A reação brasileira foi rápida e os comandados de Renan viraram para fechar a parcial em 25/19. O último set do jogo teve bom começo brasileiro, que chegou a fazer 11/9 no placar. Mas, relaxado em razão da boa vantagem no duelo, o time nacional caiu de produção e levou a virada. Os erros deram um susto na seleção, que precisou se recuperar para empatar em 22/22. A vitória só veio depois de salvar um set point chinês.

O maior destaque do Brasil na partida foi Wallace, maior pontuador do confronto, com 21 acertos. Pelo time chinês, Chuan Jiang anotou 13 para ser o responsável por mais pontos na equipe. A seleção masculina voltará à quadra na próxima semana, no dia 15, para enfrentar o Canadá, pela quarta semana da competição, em Varna, na Bulgária. Depois os adversários será França e a anfitriã Bulgária.