“Semana Brasil” pretende aquecer comércio e economia em setembro

Iniciativa é do governo federal e reúne diversas empresas que se propõe a oferecer descontos especiais. Procon orienta cautela e divulga planilha de preços

“Semana Brasil” pretende aquecer comércio e economia em setembro
PIB do Brasil cai 0,1% no segundo trimestre, diz IBGE (Foto: Divulgação/Governo de Goiás)

Começa nesta quinta-feira (3) a segunda edição da Semana Brasil. O evento foi concebido pela Secretaria Especial de Comunicação Social do Ministério das Comunicações (Secom) do governo federal e tem o objetivo de celebrar a retomada da economia e dos empregos. A iniciativa vai até o dia 13 de setembro conta com a participação de 83 associações varejistas, que se propõe a oferecer descontos especiais aos consumidores.

O tema deste ano é “Vamos em frente, com cuidado e confiança”. O presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Tadros, acredita que o evento trará também a oportunidade de “demonstrar a representatividade institucional do Sistema Comércio regional aos empresários”.

Uma série de empresas anunciaram uma série de descontos para o período. As Lojas Americanas, por exemplo, oferece até 70% de desconto, frete grátis e parcelamento em até 12x sem juros, de acordo com o site da iniciativa. O Magazine Luiza também apresenta 70% nos produtos com o selo da promoção, entre outras.

No site da Semana Brasil o consumidor poderá também cadastrar o seu e-mail para receber ofertas especiais. Entretanto, o site esclarece que é apenas um agregador de ofertas, não podendo garantir as ofertas abaixo divulgadas. O portal orienta os interessados a procurar o selo da Semana do Brasil e a validar os produtos e preços diretamente no site do varejista.

Procon orienta cautela durante Semana Brasil

Apesar da animação e das condições vantajosas, é preciso estar sempre atento às “maquiagens de preço”. Para auxiliar os consumidores a evitarem falsas promoções, o Procon-GO divulgou planilhas com produtos que podem vir a entrar na promoção.

Foram verificados preços de vários produtos, com destaque para TV’s de led, smartphones, geladeiras, máquinas de lavar, e outros eletrodomésticos e eletrônicos. No total, foram pesquisados 2.207 produtos de 82 estabelecimentos. O órgão verificou também 20 sites e 23.396 produtos, para auxiliar as pessoas que desejam fazer compras pela internet.

Para acessar as planilhas, clique aqui.

De acordo com o superintendente do Procon-GO, Allen Viana, o objetivo deste trabalho é evitar a prática que ficou conhecida como “metade do dobro”, utilizada por alguns estabelecimentos durante a Black Friday. Ele afirmou que os fiscais ficarão de prontidão para receber denúncias e verifica-las no mesmo dia.

“Nosso efetivo estará totalmente empenhado na apuração das denúncias relacionadas à Semana Brasil. Vemos com bons olhos a iniciativa de promover a movimentação do comércio neste período crítico. No entanto, não pouparemos esforços para proteger o consumidor de possíveis práticas que possam prejudicá-lo”, ressaltou.