FolhaPress

Serasa aponta nova onda de demanda das empresas por crédito

Alta foi de 29,5% em outubro, puxada por micro e pequenos negócios

Bolsonaro sanciona lei que aumenta margem de crédito para aposentados
Serasa aponta nova onda de demanda das empresas por crédito (Foto: Marcello Casal/Agência Brasil)

Com a retomada das atividades econômicas, as empresas apontam nova alta de demanda por crédito na reta final do ano, segundo a Serasa Experian. O movimento é comum para a época, mas foi afetado em 2020 por causa da pandemia.

A procura cresceu 29,5% em outubro na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando havia registrado queda de 7,8%.

O resultado foi impulsionado pelas micro e pequenas empresas, que aumentaram em 30,5% a demanda por crédito na mesma base de comparação. Entre os grandes, o avanço foi de 2,8%, mostram os dados.

O segmento de serviços liderou a busca entre os setores, com alta de 42%, seguido pela indústria, com 23%, e pelo comércio, com 17% ante outubro de 2020.

Segundo Luiz Rabi, economista da Serasa Experian, as empresas precisam de mais crédito no fim de ano para ampliar o estoque de produtos de Natal e pagar o 13º salário dos funcionários.

A tendência é que o ritmo desacelere nos próximos meses, influenciado também pelo cenário de inflação, juros altos e inadimplência, diz Rabi.