SP: aluno filma professores fazendo sexo em sala de aula

A Diretoria Regional de Ensino de Bauru afirmou que considera “inadmissível” o ato que envolveu os dois professores e relata que decidiu pelo afastamento

//
//

Dois professores do ensino médio de uma escola estadual de Bauru, no interior de São Paulo, foram afastados dos cargos pela Diretoria Regional de Ensino após denúncia de que eles mantiveram relações sexuais na sala de aula. Um adolescente de 16 anos filmou o ato pelo celular e a família dele procurou a direção da escola.

De acordo com o pai do estudante que fez o vídeo, o menino desconfiou que os dois professores se encontravam quando, durante o intervalo, voltou à sala para pegar dinheiro na mochila e foi impedido de entrar pelo docente. Cerca de dois meses depois, o aluno resolveu deixar a câmera do celular ligada durante o intervalo. A gravação teria sido feita no início do mês.

Segundo o pai do aluno, o professor do adolescente teria cerca de 50 anos e ministra aulas aos alunos do segundo ano do ensino médio. Já a professora tem cerca de 30 e dá aulas no terceiro ano, também do ensino médio.

Em nota, a Diretoria Regional de Ensino de Bauru afirmou que considera “inadmissível” o ato que envolveu os dois professores e relata que decidiu pelo afastamento para que os docentes não tenham mais contato com os estudantes.

A Secretaria de Educação ainda ressalta que um processo administrativo foi aberto podendo chegar à demissão dos envolvidos.

(As informações são do Terra)