Suspeito de agredir idosa durante roubo em Formosa é preso no Distrito Federal

Suspeito invadiu a casa da idosa de 80 anos de idade e, após agredi-la e amordaçá-la, roubou um celular e dinheiro

Suspeito de agredir idosa durante roubo em Formosa é preso no Distrito Federal
Suspeito de agredir idosa durante roubo em Formosa é preso no Distrito Federal (Foto: Reprodução - PC)

Um homem está preso suspeito de agredir uma idosa de 80 anos durante um roubo em Formosa. Segundo a Polícia Civil, depois que o crime aconteceu, o suspeito se escondeu na casa de uma conhecida, no Distrito Federal (DF). Foi lá que a prisão do homem aconteceu, nesta terça-feira (25).

A polícia diz que o roubo aconteceu na madrugada do dia 17 de janeiro, no setor Nordeste, em Formosa. O suspeito invadiu a casa da idosa de 80 anos de idade e, após agredi-la e amordaçá-la, roubou um celular e dinheiro.

A mulher que deu abrigo ao suspeito também foi autuada.

Suspeito de agredir idosa usava tornozeleira eletrônica

Segundo a investigação, o roubo contra a idosa aconteceu pouco tempo depois que o sujeito saiu da cadeia. Na época do assalto, inclusive, o homem estava sendo monitorado com uma tornozeleira eletrônica.

A polícia detalha ainda que o suspeito já foi condenado a mais de 34 anos de prisão pela prática de crimes patrimoniais. Dessa vez, havia dois mandados de prisão contra ele: um pelo roubo contra a mulher e outro por ele ter rompido a tornozeleira para fugir do estado de Goiás.

Segundo os agentes civis, a investigação do assalto contra a mulher prossegue para o completo esclarecimento do fato.

Leia também no Mais Goiás

Zé Felipe e Virginia Fonseca cancelam casamento, marcado para março

Homens que transportavam animais silvestres na BR-153 são multados em R$ 400 mil

Polícia procura homem que abandonou filhotes de cachorro em Goiânia: vídeo

Grupo de combate à escravidão em Goiás resgata mais de 200 pessoas em 2021

Loja proíbe entrada de homens após casos de assédio contra funcionárias em SP

*Larissa Feitosa compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Hugo Oliveira.