Suspeito de aplicar golpe de quase R$ 4 mil contra jornalista mineira é preso em Goiânia

Conversa em aplicativo de mensagens mostra que homem enganou o pai da jornalista ao se passar por um irmão dela

Supeito de aplicar golpe de quase R$ 4 mil contra jornalista mineira é preso em Goiânia
Supeito de aplicar golpe de quase R$ 4 mil contra jornalista mineira é preso em Goiânia (Foto: Divulgação - PC)

Um homem está preso suspeito de aplicar um golpe de quase R$ 4 mil contra uma jornalista mineira e a família dela. Segundo a Polícia Civil, o suspeito teria se passado por um irmão da profissional de imprensa em diálogo com o pai dela  por meio de um aplicativo de mensagens.

Assim, solicitou ao pai da vítima a quantia de R$ 3.889, sob o argumento de que teria que realizar um pagamento urgente. Agentes civis prenderam o suspeito no Setor Vila Morais, em Goiânia.

O suspeito, segundo a PC, usou uma foto do irmão da vítima para enganar o pai da jornalista e proceder com o “golpe do novo número”. Mensagens mostram que ele pede uma transferência Pix sob argumento de que teria que realizar um pagamento urgente.

Como o pai da jornalista não sabia do golpe, pediu ajuda da filha para realizar a transferência.

Assim que as vítimas descobriram a fraude, denunciaram o caso à polícia. Durante as investigações, os policiais localizaram o suposto autor do golpe, um homem de 31 anos, no Setor Vila Morais, em Goiânia. Aos investigadores, o homem confessou a participação no crime.

O investigado já respondeu a processo pelo crime de roubo. Caso seja condenado desta vez, ele também deverá responder por crime de estelionato mediante fraude eletrônica, com pena de reclusão de 4 a 8 anos.

Tempo de reclusão pode ser aumentado de um terço ao dobro por ter sido praticada contra vítima idosa. Pai da jornalista tem 66 anos.

*Larissa Feitosa compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Hugo Oliveira.