Suspeito de assassinar empresária em São Paulo é preso em Goiatuba (GO)

O crime aconteceu no ano de 2019, mas corpo da vítima só foi encontrado e identificado no mês de abril deste ano

Suspeito de assassinar empresária em São Paulo é preso em Goiatuba (GO) (Foto: Divulgação – PC)

A Polícia Civil de Goiás prendeu um homem de 45 anos suspeito de matar a empresária e ex-sócia, Lucilene Maria Ferreira, em São Paulo. O crime aconteceu no ano de 2019, mas corpo da vítima só foi encontrado e identificado no mês de abril deste ano. O suspeito estava escondido na cidade de Goiatuba, Sul de Goiás, e foi preso nesta quinta-feira (5).

De acordo com as investigações, Luciene desapareceu na véspera de natal de 2019, na cidade de Porto Ferreira (SP), onde a vítima residia e mantinha um hotel em sociedade com o suspeito. O próprio sócio dela foi quem registrou o caso na delegacia dois dias depois dela desaparecer.

Apesar das investigações, o corpo de Lucilene só foi encontrado em outubro de 2021, em uma área de mata de difícil acesso. Um cachorro de trabalhadores rurais encontrou o cadáver. Ela estava enterrada e o local estava com cimento e cal. Familiares disseram que o corpo estava sem um braço e sem roupas.

Empresária Lucilene Maria Ferreira (Foto: Reprodução – Arquivo Pessoal)

Em abril de 2022, o Instituto de Criminalística concluiu o laudo de DNA e confirmou que o corpo encontrado era de Lucilene.

Suspeito de assassinar empresária nega crime

De acordo com investigação da Polícia Civil de São Paulo, além de ter praticado o feminicídio e ocultado o corpo, o suspeito teria ainda oferecido dinheiro a uma testemunha para que mentisse sobre o ocorrido.

Nesta quinta (5), o homem foi preso no centro de Goiatuba, onde passou a morar depois do crime. Segundo o delegado Patrick Carniel, ele negou qualquer participação no assassinato da ex-sócia.

Após os procedimentos de praxe, foi recolhido na Unidade Prisional Regional de Goiatuba, onde se encontra à disposição da Justiça.