Suspeito de matar cadeirante após briga em bar é preso pela Polícia Civil em Anápolis

Segundo a Polícia Civil, após a briga no bar, o suspeito seguiu Flávio e o matou com disparos de arma de fogo

Flávio José Custódio (foto), tinha 36 anos e era cadeirante. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Flávio José Custódio (foto), tinha 36 anos e era cadeirante. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um homem suspeito de matar a tiros o cadeirante Flávio José Custódio, de 36 anos, foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (7), em Anápolis. O homicídio aconteceu no dia 05 de novembro de 2021 após uma briga da vítima com o suposto autor em um bar, no setor Terezinha Braga. Segundo a polícia, o suspeito confessou o crime e câmeras de segurança flagraram a confusão.

De acordo com o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), Flávio e o suspeito R.S.P, de 35 anos, teriam discutido no bar, e na ocasião, o cadeirante atingiu o autor com um taco de sinuca na cabeça. Em seguida, o suposto autor agrediu Flávio com socos e pontapés (veja abaixo).

O GIH apurou que depois da confusão, Flávio José deixou o bar em seu automóvel e o suspeito saiu pilotando uma motocicleta e seguiu a vítima. Ao chegar na garagem de sua residência Flávio foi assassinado com disparos de arma de fogo.

O delegado Wlisses Valentim, titular do GIH de Anápolis, informou que o suspeito de 35 anos confessou a prática do crime. R.S.P está recolhido no presídio local, à disposição da justiça.