Suspeito de planejar atentado contra delegado morre em confronto com PMs em Aparecida (GO)

Portão e muro da casa do delegado foram atingidos por disparos de arma de fogo. Polícia busca por outros envolvidos

Suspeito de planejar atentado contra delegado morre em confronto com a Rotam em Aparecida
Suspeito de planejar atentado contra delegado morre em confronto com a Rotam em Aparecida (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Um homem morreu após trocar tiros com policiais militares das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) na noite de segunda-feira (16), em Aparecida de Goiânia. Segundo a corporação, o rapaz era suspeito de planejar um atentado contra um delegado de Morrinhos, região Sul de Goiás. Residência do investigador foi atingida por disparos de arma de fogo, mas ninguém se feriu.

Após troca de informações com a Polícia Civil, a equipe localizou o suspeito e ao se aproximar para realizar a abordagem, foi recebida a tiros. Os agentes revidaram e atingiram o homem, identificado como Thales Aparecido de Oliveira dos Santos, que morreu antes da chegada dos socorristas. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Uma arma de fogo e o carro em que suspeito estava foram apreendidos.

Atentado ao delegado

Thales é apontado como o mandante do atentado que ocorreu na casa do delegado Fabiano Jacomelis na madrugada do último sábado (14). Portão e muro da residência foram atingidos por disparos de arma de fogo, mas ninguém se feriu.

A principal linha investigativa é de que o atentado seja uma represália por alguma prisão feita pelo delegado, mas outras possibilidades não são descartadas. A Polícia Civil busca pela localização dos demais suspeitos.

O Mais Goiás procurou o delegado Fabiano Jacomelis para comentar sobre o caso e aguarda retorno.

LEIA MAIS

Suspeitos de roubar veículos morrem em confrontos com a Rotam, em Goiânia e Luziânia

Batalhão de Choque divulga detalhes do confronto envolvendo criminoso na Vila Jaiara, em Anápolis (GO)

Suspeito de estuprar tia e primas é morto durante troca de tiros em Goiânia

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Hugo Oliveira