Suspeitos de furto de 800 litros de diesel são presos em Santa Rita do Araguaia

Suspeito confessou ter furtado a mercadoria de um vagão de trem, na cidade de Alto Araguaia

A Polícia Militar (PM) prendeu dois homens suspeitos de furto e receptação de mais de 800 litros de óleo diesel, na cidade de Santa Rita no Araguaia, Sudoeste de Goiás. Caso ocorreu nesta terça-feira (03).
Presos suspeitos de furto e receptação de 800 litros de óleo diesel em Santa Rita do Araguaia (Foto: Divulgação - PM)

A Polícia Militar (PM) prendeu dois homens suspeitos do furto de mais de 800 litros de óleo diesel na cidade de Santa Rita no Araguaia, Sudoeste de Goiás. Caso ocorreu nesta terça-feira (03). Um terceiro homem, suposto receptador foi liberado depois de prestar esclarecimentos na delegacia, pois teria comprovado não ter envolvimento com o crime.

De acordo com os militares, a equipe realizava um patrulhamento pela região quando suspeitou de uma caminhonete. Ao abordar o motorista e o passageiro, ambos admitiram ter  furtado a mercadoria de um vagão de trem, na cidade de Alto Araguaia.

Depois do crime, a dupla pretendia revender os galões de óleos diesel. Inclusive, disseram que, antes de serem abordados, se dirigiam para um possível receptador. A intenção era vender os produtos pelo valor de R$ 4,50 por litro. O valor final seria dividido entre os dois comparsas.

Suspeito confessou que havia furtado a mercadoria de um vagão de trem, na cidade de Alto Araguaia

Suspeito confessou que havia furtado a mercadoria de um vagão de trem, na cidade de Alto Araguaia (Foto: Divulgação – PM)

Diante da confissão e após o compartilhamento de informações, equipes policiais conseguiram identificar e localizar o possível receptador do combustível furtado. O terceiro homem estava com mais de 270 litros de óleo diesel. Sendo assim, todos os suspeitos foram detidos e apresentados à Delegacia para as providências cabíveis.

Na delegacia, o suposto receptador apresentou a comprovação de aquisição lícita e histórico de compra regular de óleo diesel para sua empresa, bem como demais indícios de que não esteve envolvido com o crime. Com isso, o delegado Marcos Paulo de Oliveira não encontrou elementos suficientes de autoria e materialidade para a prisão em flagrante por receptação.

Os dois investigados por furto qualificado foram presos em flagrante. O veículo e o combustível também foram apreendidos. O crime tem pena prevista de reclusão de dois a oito anos e multa.

A corporação não detalhou se algum dos suspeitos de furto possuem antecedentes criminais e nem quais os nomes dos homens. Por isso, o Mais Goiás não conseguiu falar com a defesa de nenhum dos dois.