Telhado de escola municipal de Senador Canedo desaba em horário de aula- vídeo

Uma das funcionárias comenta que passou com uma criança pelo local onde as telhas caíram minutos antes do desabamento. Prefeitura diz que há projetos para reformar a escola

Telhado de escola municipal de Senador Canedo desaba em horário de aula
Telhado de escola municipal de Senador Canedo desaba em horário de aula (Foto: Reprodução/Vídeo)

Parte do telhado de uma escola municipal que atende mais de 500 alunos desabou em horário de aula, na cidade de Senador Canedo, região Metropolitana de Goiânia. O desabamento aconteceu nesta semana, no Conjunto Uirapuru. Em um vídeo publicado nas redes sociais, uma das funcionárias da Escola Municipal João Soares da Silva afirma que ela e uma criança haviam saído da sala minutos antes das telhas caírem.  Ninguém se feriu.

“Acabei de passar com um menino agora”, comenta uma das servidoras. “Que livramento!”, afirma outra.

Segundo a Prefeitura de Senador Canedo, a escola foi construída em 2002 e três salas da unidade foram ampliadas em 2017. Apesar disso, a unidade não passou por nenhuma reforma desde a inauguração. O local atende 568 crianças da pré-escola ao fundamental e a maioria estava presente no momento do acidente.

“A estrutura da instituição é muito antiga, a cobertura é constituída por telhas cerâmicas modelo Plan sobre estrutura de madeira. A estrutura de madeira com o tempo movimenta, com isso houve dilatação de uma peça (caibro) e que ocasionou a queda de aproximadamente 15 telhas. Ninguém ficou ferido com a queda do telhado. As medidas emergenciais de reparo já foram tomadas, com previsão de revisão geral da cobertura para o mês de julho”, diz a prefeitura em nota.

Nos comentários da publicação, pais de alunos e internautas se demonstraram preocupados e indignados. “A gente leva nossos filhos para a escola achando que eles estão seguros e topa com um vídeo desses”, comentou um pai. “Ainda bem que não aconteceu nenhuma tragédia. Se uma telha dessas cai na cabeça de uma criança, nem sei o que poderia acontecer”, diz uma mulher.

A prefeitura afirma que mais de R$ 39 mil foram gastos em adaptações na unidade e que há projetos para uma reforma geral na escola.

“A Escola Municipal João Soares da Silva recebeu R$100.000,00 de recurso Reviva destinado à manutenção escolar, dos quais foram gastos R$ 39.932,40 em adaptações. Encontra-se em desenvolvimento projetos para a licitação da reforma geral da unidade”, diz o texto.

Leia outras notícias no Mais Goiás

Telhado de prédio cai sobre 16 carros após chuva com ventos de 70 km/h em Águas Lindas (GO)

Material de obra cai e derruba telhado de loja no Setor Marista, em Goiânia

Chuva derruba telhado de metal sobre 10 veículos em Águas Lindas (GO)

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Alexandre Bittencourt