Três suspeitos de roubo e tráfico morrem em confrontos com a Rotam em Goiás

As ocorrências também resultaram em apreensões de maconha, armas de fogo e na recuperação de um carro roubado

Dois suspeitos de roubo e um homem que seria traficante de drogas morreram após confrontos com militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam), em Goiânia e Valparaíso, no domingo (19). As ocorrências também resultaram em apreensões de maconha, armas de fogo e na recuperação de um carro roubado.

A primeira troca de tiros foi registrada no Jardim América, em Goiânia, onde, segundo a Polícia Militar, um homem que já havia sido preso por tráfico reagiu a tiros quando abordado.

No revide, o suspeito, que portava um revólver calibre 38 e estava com quatro peças de maconha, foi ferido e morreu antes mesmo da chegada do socorro médico.

Confronto com a Rotam no Entorno

Em Valparaiso de Goiás, a troca de tiros foi com dois homens que, na noite de sábado (18), haviam roubado um carro modelo Hyundai HB20 no Distrito Federal (DF).

Dois revólveres calibre 38 foram apreendidos e o carro roubado foi recuperado.

A Rotam não divulgou nomes, nem idades dos três mortos, mas afirmou que o suspeito que reagiu a abordagem em Goiânia era ligado a uma facção criminosa e possuía vários antecedentes criminais.

Armas apreendidas com os suspeitos de roubar um carro no DF. (Foto: divulgação)