Usuário de drogas que agredia irmã e a mãe idosa é preso pela Polícia Civil em Anápolis

"Essas agressões eram recorrentes. A mãe nunca teve coragem de registrar ocorrência, pois tinha medo e pena do filho", destacou a delegada Isabella Joy, titular da DEAM

Suspeito de 33 anos foi preso por policiais da DEAM. (Foto: Divulgação/Polícia Civil 3ªDRP)

Policiais da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), cumpriram nesta terça-feira (31) mandado de prisão preventiva em desfavor de um indivíduo de 33 anos que agredia e ameaçava a irmã e a mãe idosa, em Anápolis. Segundo a Polícia Civil, o autor é usuário de entorpecentes e possui diversas passagens por crimes que envolvem violência doméstica e roubo.

“Ele havia sido preso por agressão e ameaça contra a irmã, mas teve o alvará de soltura na audiência de custódia. Observamos que essas agressões eram recorrentes, pois ele é usuário de drogas, e ao chegar em casa agredia as vítimas”, destacou a delegada Isabella Joy Lima e Silva, titular da DEAM Anápolis, em entrevista ao Mais Goiás.

As constantes agressões também eram observadas pelos vizinhos da região. Segundo a delegada, a mãe nunca denunciou o filho por medo.

“A mãe nunca teve coragem de registrar ocorrência, pois tinha medo e pena do filho. Com esse histórico de violência, observamos que essa situação não iria parar, por isso foi solicitada a prisão preventiva”, disse.

O autor foi preso pela Polícia Civil e encaminhado para o presídio da cidade, onde ficará à disposição do Poder Judiciário. “São mulheres bem humildes e carentes, e ainda passavam por essa situação”, concluiu a delegada.