Vanderlan lidera Pesquisa Serpes com 22,3% das intenções de voto

Adriana Accorsi (PT) ocupa a segunda colocação, com 13,3%, à frente do ex-governador Maguito Vilella (MDB), que registra 13%. Números os deixam em condição de empate técnico

Em empate técnico, três primeiros candidatos de pesquisa comentam resultado
Em empate técnico, três primeiros candidatos de pesquisa comentam resultado

Na primeira rodada da pesquisa Serpes, divulgada na edição deste sábado (26) pelo Jornal O Popular, o Vanderlan Cardoso (PSD) sai na frente na disputa à Prefeitura de Goiânia. Com 22,3%, o senador lidera as intenções de voto, seguido pela deputada estadual Adriana Accorsi (PT), com 13,3%, e pelo ex-governador Maguito Vilela (MDB), que registra 13%. Os números colocam segunda e terceiro colocados em condição de empate técnico.

A pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 24 de setembro e ouviu 601 eleitores goianienses. Na estimulada, em que os nomes dos 14 pré-candidatos em Goiânia foram apresentados em um papel ao eleitor, o deputado federal Elias Vaz (PSB) aparece em quarto lugar, com 4,8%, seguido pelo deputado estadual Alysson Lima (Solidariedade).

Em seguida, aparecem o motorista de Uber, Fábio Júnior (UP), e o deputado Virmondes Cruvinel (Cidadania23) empatados com 2,0%. O deputado estadual Major Araújo aparece com 1,7%, atrás dele estão o empresário Gustavo Dayer (DC), com 1,3%, e o professor Antônio Neto (PCB) que teve 1% das intenções de voto.

Quatro nomes aparecem com menos de 1% na pesquisa – o ex-deputado estadual Samuel Almeida (PROS) com 0,7; o advogado Adriano Cunha com 0,3%; e o deputado Talles Barreto (PSDB), com 0,2%, empatado com a candidata do PSOL, Maju Jacob.

Rejeição

Na pesquisa estimulada, Adriana Accorsi e Maguito Vilela são os nomes mais rejeitados pelo eleitor goianiense. A petista aparece com a rejeição de 16%, seguida por Maguito que conta com 13,8%.

Apontado como favorito na primeira rodada da Serpes, Vanderlan aparece como o quinto nome em rejeição, com 6,5%, atrás de Elias Vaz e Major Araújo.

A campanha eleitoral começa neste domingo (27). E a eleição será no dia 15 de novembro.

Registro

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral, conforme determina legislação, com o protocolo GO-07249/2020