Vereador Sargento Novandir tira cinto e pede para levar chibatadas durante sessão

O parlamentar estava protestando contra o aumento do IPTU na capital e, no mesmo dia, chegou para a sessão vestido de palhaço

Polêmica com IPTU pode fazer sargento Novandir desistir de disputar Assembleia
Polêmica com IPTU pode fazer sargento Novandir desistir de disputar Assembleia (Foto: Reprodução - Câmara Municipal de Goiânia)

O vereador Sargento Novandir tirou o cinto e pediu para um colega da parlamento bater nele durante a sessão da Câmara Municipal de Goiânia de terça-feira (1º).  O parlamentar estava protestando contra o aumento do IPTU na capital e, no mesmo dia, chegou para a sessão vestido de palhaço.

“Eu quero encontrar um voluntário aqui, porque eu tenho uma doutrina na Polícia Militar que, quando a gente comete um erro, nós temos que pagar por ele. Eu quero oferecer esse cinto para qualquer um de vocês que tiver coragem de me dar umas três chibatadas. Eu quero tomar essas chibatadas”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias)

Depois de dizer isso, o vereador tirou uma arma de fogo, colocou de lado e outro parlamentar bateu nele com pouca força. “Dá com força, vereador! Põe força!”, dizia o sargento Novandir.

O parlamentar se indignou com as medidas que alteraram a cobrança do IPTU na capital. Na última quarta-feira (26), ele se desfiliou do Republicanos, sigla do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz. O parlamentar havia se filiado em 2020, de acordo com a justiça eleitoral.