Vice-prefeito de Aparecida (GO) acredita que PL ainda pode apoiar Mendanha ao governo

"Essa questão do Vitor Hugo não está pacificada", garante Vilmar Mariano, vice de Gustavo

Vice-prefeito de Aparecida (GO) acredita que PL ainda pode apoiar Mendanha ao governo
Vice-prefeito de Aparecida (GO) acredita que PL ainda pode apoiar Mendanha ao governo (Foto: Secom - Aparecida de Goiânia)

O vice-prefeito de Aparecida de Goiânia, Vilmar Mariano (Podemos), acredita que o PL ainda pode apoiar a candidatura de Gustavo Mendanha (sem partido) ao governo de Goiás. Nesta segunda, o PL anunciou que o deputado federal major Vitor Hugo seria o nome da disputa por indicação de Bolsonaro (PL).

Para Vilmarzinho, como também conhecido o vice de Mendanha, “ainda não tem nada definido”. De fato, as janelas partidárias vão até dia 2. Gustavo Mendanha irá anunciar sua filiação e posição neste pleito no sábado (1). “E se Gustavo chegar bem nas pesquisas – e ele vai chegar -, ele pode ter o apoio. Essa questão do Vitor Hugo não está pacificada“, diz sobre um possível recuo no futuro.

Mais cedo, a deputada federal pelo PL de Goiás, Magda Mofatto, disse que Bolsonaro decidiu sozinho pelo nome de Vitor Hugo. Segundo ela, não houve grupo decidindo.

Ela deixou claro que Vitor Hugo ainda não tomou iniciativa de conversar com pessoas do PL em Goiás. “Só falou com os presentes no anúncio.”

Gustavo Mendanha, por sua vez, vinha articulando com o partido há meses e era a preferência de Magda, dos presidentes Flávio Canedo e Valdemar Costa Neto. Magda não quis comentar se o prefeito de Aparecida acrescentaria mais ao partido. “Difícil opinar… Mas agora ele vai para outro partido…”.

Magda reforçou: “Foi uma decisão do presidente sozinho. Sozinho. Não houve grupo decidindo.”

Anúncio

O deputado federal major Vitor Hugo publicou um vídeo, em suas redes sociais, no início da tarde desta segunda (28), em que afirmou que, após uma reunião com o presidente Bolsonaro, com o presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, e com o presidente estadual, Flávio Canedo, ficou decidido que ele é o “pré-candidato ao governo de Goiás pelo PL”.

No vídeo, ele mostra sua ficha de filiação assinada por Valdemar, por Flávio Canedo, pela deputada federal Magda Mofatto e também pelo presidente da República. Segundo o pré-candidato também estavam presentes na reunião o senador Vanderlan Cardoso (PSD) e o ex-senador Wilder Morais.

Vitor Hugo disse ainda que Wilder é o pré-candidato ao Senado da chapa de Bolsonaro. “Agora, meus amigos, é trabalhar e vamos fortalecer essa pré-candidatura”, finalizou.