Vila empata em casa e termina primeiro turno na zona de rebaixamento

Tigre fica no zero a zero com o Cuiabá na noite de terça-feira (27) e sai sob vaias do Estádio Olímpico

Sob vaias da torcida, o Vila Nova encerrou o primeiro turno da Série B sem vencer e na zona de rebaixamento. O Tigre empatou por zero a zero com o Cuiabá, na noite de terça-feira (27), no Estádio Olímpico. O domínio da partida foi colorado, mas a vitória não veio. Com 20 pontos, o Vila está em 17º e pode perder uma posição caso o São Bento pontue contra o América-MG na noite de quarta-feira (28), no encerramento da 19ª rodada.

Ao fim da partida, a torcida (2.412 presentes) não poupou jogadores e diretoria de crítcas. “Infelizmente a vitória não veio. Tivemos bastante volume de jogo. Quando a fase é ruim, a bola não entra. (Vaias) Temos que escutar, fazer o quê? Sabíamos que a vitória seria importante, mas infelizmente não veio”, analisou o meia Alan Mineiro.

O Vila volta a campo na sexta-feira (30), contra o Paraná. O jogo, válido pela 20ª rodada, será em Curitiba, no Estádio Durival de Brito.

O estreante atacante Gustavo Henrique mostrou disposição e chegou a balançar as redes. Após o cruzamento de Benítez, o centroavante cabeceou bem, mas estava impedido e o tento foi anulado. Outras duas estreias coloradas foram dos volantes Tinga e Edinho.

Alan Mineiro teve a melhor chance na primeira parte. Aos 36 minutos, o camisa 10 ficou com a sobra, dentro da área. Ele dominou e bateu em cima do goleiro Victor Souza, que abafou a jogada. No rebote, Benítez acertou a zaga cuiabana.

A pressão e o domínio do jogo foi todo colorado. Os visitantes assustaram aos 42 minutos. Rafael Santos se esticou para tocar na bola e evitar um golaço de Felipe Marques. O atacante do Cuiabá acertou um chute de fora da área que tinha endereço certo. A bola ainda tocou o travessão antes de sair.

Na parte final, o Vila teve queda de produção. Benítez, um dos mais atuantes antes, não conseguiram manter o ritmo. Alan Mineiro foi outro que passou apagado. Do outro lado, o Cuiabá pouco pressionou.

Aos 35, Gustavo Henrique fez jogada com velocidade próximo à linha de fundo e deu assistência para o meio da área. Erick, jovem atacante da base que acabara de entrar, não conseguiu abrir o placar. O garoto bateu com força por cima do gol.

 

FICHA TÉCNICA

 

Local: Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO)

Data: 27 de agosto de 2019, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Lucas Canetto Bellote (SP)

Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

Cartões amarelos: Rodolfo, Escobar (Cuiabá); Romário (Vila)

 

VILA NOVA: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Wesley Maos, Diego Jussani e Romário; Edinho, Tinga (Ramon) e Alan Minero (Carlinhos);  Robinho, Gustavo Henrique e Benítez (Érick). Técnico: Marcelo Cabo

CUIABÁ: Victor Souza; Jonas (Toty), Ednei, Leandro Souza e Paulinho; Escobar, Jean Patrick (Djavan) e Alê; Felipe Marques, Rodolfo (Júnior Todinho) e Gilmar. Técnico: Itamar Schulle