Wesley Safadão e Simone defendem pastor após vídeo polêmico: “Íntegro”

"Eu conheço a índole, eu amo muito. É meu amigo, meu irmão, eu confio", disse a sertaneja

Wesley Safadão e Simone defendem pastor após vídeo polêmico:
(Foto: Montagem/Reprodução Redes Sociais)

Após viralizar no último domingo (25) o vídeo em que o pastor André Vitor, amigo de Wesley Safadão, aparece tentando abraçar uma menina por trás, diversos internautas se revoltaram com o gesto e usaram as redes sociais para criticar o religioso e o cantor. Safadão defendeu o amigo, dizendo que “a internet está doente”. Agora Simone Mendes, da dupla com Simaria, também defendeu o pastor.

Primeiro, a “coleguinha” escreveu um texto: “Quem te conhece sabe quem você é de verdade, Dedé [André Vitor]. Chega de tanta impunidade para essa rede de ódio que distorce tudo que se faz e tenta criar situações tendenciosas com o único objetivo de destruir a vida das pessoas. Te amo”.

Posteriormente, Simone Mendes gravou uma série de vídeos dizendo que é amiga do pastor há muitos anos. “Eu não poderia deixar de vir aqui mostrar a minha cara para deixar bem claro o amor que eu tenho por essa vida, que é a vida do André. Ele é um menino que me ajudou inúmeras vezes na minha vida, conheço há mais de 15 anos”, disse.

“Foi um cara que me ajudou muito em todos os momentos. Esteve comigo na minha primeira separação, eu tive um relacionamento antes do meu marido Kaká, ele esteve presente no parto do meu filho Henry, esteve presente em momentos de dor, momentos de alegria”, continuou Simone, que disse confiar no religioso.

“É um cara que eu conheço a índole, eu amo muito. É meu amigo, meu irmão, eu confio nele. É um menino justo, íntegro. Estou do seu lado e te amo muito”, concluiu.

Assista ao vídeo:

Wesley Safadão voltou a defender o amigo. “Difícil dormir depois de um dia como esse. Mas meu Deus é quem cuida da minha vida e dos meus amigos preciosos”, publicou o cantor no Instagram, deixando claro que fez a postagem às 03h49.

Em seguida, o cantor compartilhou vídeos em que André Vitor aparece fazendo uma pregação. “Você é isso, meu irmão. Um filho de Deus que só faz o bem e leva a palavra por onde passa. Você é um profeta de Deus e todos nós te amamos e conhecemos”, escreveu o músico.

O pastor André Vitor, por sua vez, publicou vídeos no Instagram se defendendo.

“Ninguém jamais vai imaginar a dor dilacerante de ser acusado de uma coisa que você tem plena consciência que não é. E a medida que eu tive de ler várias postagens, vários directs, de pessoas me atacando, me criticando na minha vida. Eu sempre me doei só para amar e cuidar de pessoas”, comentou André.

“Injustiça”

Procurado pela colunista Fábia Oliveira, do site O Dia, o pastor André Vitor disse que toda a história é “uma grande loucura”.

“Uma injustiça que já está sendo acompanhada por uma equipe criminal, por tentarem manipular uma situação contra mim sem sequer saberem quem sou. Os pais da criança, que são praticamente meus irmãos, e eu, estamos todos juntos pra não levarem isso mais à frente, porque é uma maldade sem precedentes comigo, que só planto o bem e tenho total familiaridade e amor”, disse o pastor.

“Somos todos família e, principalmente, com uma criança que não pode jamais ter esse estigma de assediada, porque é muito bem tratada e amada por todos nós. Estamos todos muito indignados”, concluiu André Vitor. Leia na íntegra AQUI!