Apitou começou

Nova esperança do Vila Nova

Técnico Allan Aal tem a difícil missão de recuperar o time na série B

Com 22 jogos pela frente, o Vila Nova ainda disputa pontos suficientes até para subir da Série B para a Série A do Campeonato Brasileiro. O problema é que o time não decola. Desafio para o novo técnico Allan Aal, que estreia no jogo de sexta-feira contra o Bahia, em Goiânia. Ele é uma nova esperança no sentido de dar uma nova formatação e recuperar a confiança da equipe para que reencontre o caminho das vitórias.

O Vila Nova está fazendo até agora uma campanha pior do que fez em 2019, quando foi rebaixado para a Série C do Brasileirão. Naquela oportunidade o time concluiu a 16ª rodada, com 18 pontos, com quatro vitórias e seis empates. Agora tem 12, com apenas uma vitória e nove empates.

Depois de perder para o Cruzeiro na sexta-feira, o Vila Nova terá pela frente ainda no primeiro turno, Bahia e CSA, em casa; e Sport, fora. Abre o segundo turno contra o Vasco, também em Goiânia.

Em 2019, o Vila foi rebaixado, na lanterna, com 39 pontos e 34.2% de aproveitamento. Neste momento tem 25%. Se fechar, o primeiro turno com pontuação baixa, terá que subir muito esse aproveitamento na segunda parte do campeonato. A situação exige reação já.