NA PRAIA

Empresário sofreu acidente de helicóptero em Goiás um dia antes do festival que ele organiza

O Na Praia é um dos festivais de maior duração no Brasil

Grupo R2 divulgou uma nota após a notícia de acidente com Rick Emediato Fundador do Na Praia estava em helicóptero que caiu em Goiás
Ricardo Emediato, sócio-fundador da R2, empresa que produz o festival Na Praia, em Brasília (Foto: Reprodução - Redes Sociais)

O empresário Ricardo Emediato, um dos passageiros que estava no helicóptero, que caiu nesta quinta-feira (27) no município de Água Fria de Goiás, no entorno do Distrito Federal é sócio-fundador, diretor de projetos e diretor de marketing na R2 produções, empresa conhecida por organizar o “Na Praia”.

O evento é um dos maiores festivais de música do Brasil e começa nesta sexta-feira (28), em Brasília. São mais de 100 atrações que se apresentaram no palco do festival até setembro.

Rick Emediato, como é conhecido, está bem e passou por exames no Hospital de Base, na capital federal, de acordo com novo boletim médico. Ele está consciente e com todos os sinais vitais normais. O Festival que sua empresa organiza vai para a décima edição este ano e se consolida como um dos maiores do país, com treze finais de semana de programação. 

O evento que começa nesta sexta-feira (28) segue até o dia 22 de setembro, com quase três meses de duração. Outro passageiro do helicóptero que caiu nesta quinta-feira (27) no município de Água Fria de Goiás, no entorno do Distrito Federal, é Lucas Batista Bezerra, de 32 anos. Ele é empresário do DJ Bhaskar, irmão de Alok.

As informações iniciais são a de que a queda ocorreu por volta das 11h15, desta quinta-feira (27). Lucas e o também empresário Ricardo Emediato saíram de Brasília com destino a Alto Paraíso. A aeronave caiu na lagoa da Jacuba, a 140 km do DF. A ocorrência foi atendida pelo Corpo de Bombeiros de Goiás.