óbito

Policial militar morre após levar choque em sítio, em Porangatu

Tenente José Rodrigues da Mota foi encontrado imerso em uma represa, segurando um fio de energia

Policial morre após levar choque Policial militar morre após levar choque em Porangatu Tenente José Rodrigues da Mota foi encontrado em represa segurando fio de energia
Foto: PM

O tenente José Rodrigues da Mota, da Polícia Militar de Goiás (PMGO), morreu após levar um choque elétrico em um sítio localizado em Porangatu, município a 346 quilômetros de Goiânia. Mota, que tinha 60 anos, foi encontrado em uma represa segurando um fio de energia. O caso aconteceu na última segunda-feira (1º).

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO), quando os militares chegaram ao local, o fio ainda estava energizado. Eles solicitaram que um funcionário do sítio desligasse a energia. Assim, a equipe entrou na água e retirou o policial.

A corporação informou que os militares tentaram realizar a reanimação cardiopulmonar. Além disso, uma médica e enfermeiros que chegaram à propriedade em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestaram os primeiros socorros, administraram medicamentos e intubaram a vítima. José Rodrigues morreu no local.

Jovem morre após levar choque em máquina de lavar, em Flores de Goiás

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e realizou o trabalho de perícia e remoção do corpo.

O tenente trabalhava na PM há cerca de sete anos. Atualmente, ele integrava o grupo pedagógico do Colégio da Polícia Militar de Porangatu.

A corporação divulgou uma nota lamentando a morte do policial. Nas redes sociais, amigos compartilharam mensagens de despedida. “O CEPMG nunca mais será o mesmo”, “Vai deixar saudades, meu amigo, descanse em paz”, “Tive a honra de conhecê-lo. Muito bom e humilde” e “Um profissional de excelência. Que Deus o receba de braços abertos” foram alguns dos comentários.

Policial de folga morre após se envolver em acidente de trânsito em Goiânia