TODOS BEM

Turistas resgatados no Parque de Terra Ronca agradecem equipes de buscas

Atuaram na ocorrência cerca de 20 pessoas, a cavalo, em moto e a pé. Eles se perderam em uma trilha após saírem da caverna

Turistas resgatados no Parque de Terra Ronca agradecem equipes de buscas
Turistas resgatados no Parque de Terra Ronca agradecem equipes de buscas

Os turistas resgatados após desaparecerem em uma caverna do Parque Estadual de Terra Ronca gravaram um vídeo agradecendo o apoio da população e de todas as equipes que ajudaram nas buscas por eles desde a noite de domingo até o resgate nesta segunda-feira (1º). Eles se perderam em uma trilha ao saírem da caverna, e não se feriram.

“Quero agradecer o pessoal do ICMBio, da brigada comunitária, do Corpo de Bombeiros, dos condutores, e muito obrigado à população de São João, de Terra Ronca. Muito obrigado” disse o homem que não teve o nome divulgado.

Na imagem, os turistas são: o de boné, que fala à câmera, o de camisa roxa, e os dois de preto que aparecem no canto esquerdo. Os outros que estão no vídeo são os brigadistas que ajudaram nas buscas.

Saiba mais

Desaparecimento

Atuaram na ocorrência cerca de 20 pessoas, a cavalo, em moto e a pé. Eram funcionários da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), do Corpo de Bombeiros, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), de guias, de uma brigada comunitária e de moradores da região.

O grupo entrou na caverna por voltas das 14h, sem o auxílio de guias locais, apenas com celulares como meio de iluminação. Uma mulher, namorada de um deles, disse que ficou de fora aguardando que eles voltassem, porém, o grupo não retornou ao ponto de origem. Momento em que os bombeiros foram chamados.

Parque Estadual de Terra Ronca

O Parque Estadual da Terra Ronca (PETeR) é situado nos municípios de Guarani e São Domingos de Goiás, e consiste em um dos mais importantes conjuntos espeleológicos da América do Sul.

A região possui cavernas, grutas e dolinas, que abrigam fauna e flora exclusivas desses ambientes, assim como espécies do Cerrado que estão ameaçadas de extinção. Cachoeiras, cascatas e rios de águas cristalinas compõem o cenário frequentemente explorado por ações de ecoturismo.