polêmica

Justiça renova medida protetiva de Ana Hickmann contra ex-marido por tempo indeterminado

Apresentadora denunciou o empresário Alexandre Correa por agressão

Pré-candidato a vereador, ex de Ana Hickmann denuncia abusos contra os homens:
Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça de São Paulo renovou a medida protetiva de Ana Hickmann contra o ex-marido, Alexandre Correa, por prazo indeterminado, “enquanto perdurar a situação de risco” da apresentadora. A medida se fez necessária porque a decisão inicial previa a medida protetiva até a última quarta-feira, dia 22. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da artista.

A apresentadora denunciou o ex-marido por agressão em novembro do ano passado. Os dois estavam casados há 25 anos e a ocorrência foi registrada na delegacia de Itu (SP), cidade onde eles moravam. Segundo o boletim de ocorrência, obtido pelo G1, a Polícia Militar foi chamada ao condomínio. Lá, Ana Hickmann relatou que estava na cozinha da sua casa, junto com o esposo, o filho do casal, de 10 anos, e funcionários, quando começou uma discussão entre os dois. Na sequência, Alexandre teria pressionado Ana contra a parede e ameaçado agredi-la com cabeçadas.

Inicialmente, Correa negou a briga. Depois, confrontado com notícias sobre a ocorrência, admitiu o desentendimento, mas negou “maiores consequências”. “Quando eu vi aquela nota, eu entrei em total desespero e neguei. Mentiu? Menti. Ponto. Ou eu omiti o fato? Omiti. Eu estava numa estrada, desesperado, desnorteado. Estava perdido. Falei: ‘meu Deus do céu. Que coisa?’ Desculpa o vocabulário: ‘que cagad* que aconteceu. Por que eu não discuti, por que eu não me levantei da mesa, por que eu não fui para o canto, não fui tomar uma água? Por que eu não fui bater a cabeça na parede. Sei lá. Mas já foi”, disse Alexandre Correa, ao “Splash”.

O empresário classificou ainda o caso como uma “desinteligência entre casal” e negou ter ameaçado dar cabeçadas na mulher: “A única coisa que não procede é a situação de cabeçada. Isso não existe. Esse viés, isso não existe”, destacou ele, segundo quem a decisão sobre o futuro do casamento está nas mãos de Ana Hickmann.

Crise financeira e assinaturas falsas

Quando a separação de Ana Hickmann e Alexandre Correa se tornou pública, dívidas milionárias vieram à tona. Estima-se que entre empréstimos, as empresas conjuntas deviam na praça R$ 7.710.315, 85. A apresentadora disse que teve 48 assinaturas falsificadas para autorizar tantos pedidos de empréstimos. O caso é investigado na justiça.

Além de empréstimos, há dívidas de IPTU dos imóveis em que moravam. Em janeiro deste ano, a prefeitura de São Paulo entrou com uma nova ação contra a apresentadora e o ex-marido, Alexandre Correa, para o pagamento de uma dívida de R$ 26.201,00 de IPTU.

Esta é a terceira vez que a prefeitura entra com uma ação para que a dupla pague o IPTU. No Tribunal de Justiça de São Paulo há registros de uma ação em junho de 2021, para que eles pagassem R$ 28.829,00, e outra ação em abril do ano passado, para a execução da dívida no valor de R$ 23.599,00.

*VIA EXTRA