CONCURSO

Miss Mundo: Polônia vence pela 2ª vez, após mais de 30 anos; fotos

Brasiliense Carol Teixeira parou no primeiro corte; final foi em Porto Rico

Brasiliense Carol Teixeira parou no primeiro corte. Miss Mundo: Polônia vence pela 2ª vez, após mais de 30 anos; fotos
A polonesa Karolina Bielawska é a Miss Mundo 2021 - Reprodução Youtube

A representante da Polônia, Karolina Bielawska, 21, venceu na noite desta quarta (16) a 70ª edição do Miss Mundo. De cabelos loiros e bastante articulada na comunicação, a modelo deixou para trás outras 96 misses, provenientes dos quatro cantos do planeta. Uma das apostas do concurso, a brasiliense Caroline Teixeira, 24, representante do Brasil, estacionou no grupo das 40 semifinalistas e não avançou para o segundo corte.

Com a vitória, Karolina Bielawska quebra um jejum de 32 anos para seu país, que venceu a competição apenas em 1989, com Aneta Beata Kreglicka. Vale lembrar que essa coroação é correspondente à edição 2021 do concurso, que foi adiada em três meses após um surto de Covid-19 acometer equipe e candidatas em dezembro passado em Porto Rico, país sede do evento.

Em segundo e terceiro lugares, respectivamente, ficaram as misses Estados Unidos, Shree Saini, e Costa do Marfim, Olivia Yacé. Completaram ainda o Top 6 as misses Indonésia, Carla Yules; Irlanda do Norte, Anna Leitch; e México, Karolina Vidales. No grupo das 13 finalistas, entraram ainda as representantes de Colômbia, Filipinas, França, Índia, República Tcheca, Somália e Vietnã.

++ Miss russa não fecha mais os olhos nem sorri após complicações de plásticas; fotos

O anúncio da campeã foi feito pela filantropa inglesa Julia Morley, 82, CEO da Miss World Organisation, diretamente da ilha caribenha. A final foi realizada no palco da casa de espetáculos Coca-Cola Music Hall, situada na capital porto-riquenha, com presença de público.

Desta vez, apenas as 40 misses pré-classificadas em dezembro foram convocadas para ir a San Juan. Esse primeiro corte levou em conta as 15 vencedoras das provas preliminares chamadas de “Fast-Track” e as 25 escolhas do júri técnico, feitas na primeira ocasião. Quem venceu a tradicional prova de projeto social, chamada de “Beauty with a Purpose” (Beleza com Propósito), foi a Miss Estados Unidos.

Um dos ápices do espetáculo foi a exibição de uma mensagem em vídeo, enviada direto de Kiev pela Miss Ucrânia, Aleksandra Yaremchuk, 22. Na gravação ela pede ajuda humanitária e conta brevemente sobre a situação difícil que enfrenta na capital do país, que sofre há 20 dias com bombardeios e ataques russos. Ela também diz que “tudo que o povo ucraniano quer é viver em paz em sua própria nação”.

++ Modelo e ativista brasileira é eleita Miss Alemanha 2022; fotos

Outro fato que chamou a atenção foi uma série de vaias da plateia, bastante audíveis em alguns momentos da transmissão. Um deles foi quando a representante de Porto Rico, Aryam Díaz, ficou de fora do segundo corte (Top 13), e outro quando anunciaram alguns dos jurados.

O show contou também com performances musicais da própria Miss Mundo 2019, a cantora jamaicana Toni-Ann Singh, 26, que coroou sua sucessora, e da Orquestra Filarmônica de Porto Rico. Além disso, um vídeo homenageou o legado de 70 anos do concurso de beleza.

Veja fotos e a coroação da Miss Mundo Karolina Bielawska:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Concurso Nacional de Beleza (@missbrasiloficial)