recuperado

Repórter da TV Globo que foi esfaqueado mostra as cicatrizes; foto

"Meu corpo carrega as marcas – visíveis e invisíveis", publicou Gabriel Luiz

Homem que esfaqueou repórter da Globo é condenado a 13 anos de prisão Gabriel Luiz foi atingido ao menos dez vezes em abril de 2022
(Foto: Reprodução - Instagram)

Gabriel Luiz, o repórter da TV Globo que foi esfaqueado em abril deste ano, exibiu, pela primeira vez, sua cicatriz. O jornalista sofreu uma tentativa de latrocínio em Brasília, e foi ferido em várias partes do corpo.

Em uma nova foto publicada no Instagram, Gabriel aparece só de sunga curtindo na praia ao lado do namorado, Lucas Machado.

“Meu corpo carrega as marcas – visíveis e invisíveis – do que fizeram comigo. Mesmo convivendo em paz com elas, olho para mim e vejo a violência do que foi e o susto do que poderia ter sido”, escreveu Gabriel Luiz.

O repórter da TV Globo conta que as marcas, para ele, são um “lembrete diário” tanto de gratidão quanto de indignação. “Algo que nunca vai ser normal aceitar e que não deixa de doer. Eu vivo as consequências da inconsequência dos outros”, declarou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Gabriel Luiz (@gabluiz)

O caso aconteceu em 14 de abril. Dois homens atacaram o jornalista em frente ao edifício em que ele mora no Sudoeste, região administrativa do Distrito Federal. Ele chegou ao hospital em estado grave após ser atingido em regiões como pescoço, abdômen e perna.

Recuperação de Gabriel Luiz

Em junho deste ano o repórter da TV Globo recorreu às redes sociais para agradecer a todos os que torceram e rezaram por ele durante a recuperação.

“Eu devo ter uma proteção gigante lá de cima por sair dessa vitorioso e sem sequela nenhuma. Não tem outra explicação. Só me cabe agradecer e me agarrar a essa nova chance que Deus me deu”, começou Gabriel.

“Se estou aqui hoje também é porque meu destino colocou pessoas de luz perto de mim: os vizinhos que me socorreram, os bombeiros que chegaram em minutos e principalmente as equipes do Base e do Hospital Brasília, que me atenderam com precisão, experiência e sabedoria”, emendou o jornalista.

LEIA TAMBÉM:

+ Salva-vidas riram de alerta dado por turistas antes de tubarão matar mulher; vídeo

+ Adolescentes de terno são proibidos de ver ‘Minions’ em cinemas do Reino Unido; entenda

+ Fernando Zor debocha após ser acusado de trair Maiara